Crítica Musical

Objectivos

a) Adquirir uma visão contextualizada da história e do papel da crítica musical.
b) Relacionar as tendências da crítica com aspectos da história da interpretação e com o papel do autor/compositor em diferentes géneros musicais.
c) Reflectir sobre os diferentes discursos e problemáticas da crítica musical na actualidade.
d) Desenvolver competências de audição e de escrita sobre música utilizáveis nos meios de comunicação.

Caracterização geral

Código

722021013

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não Aplicável

Bibliografia

Bourdieu, P. (1979). La distinction: critique sociale du jugement. Paris: Minuit.
Cascudo, T. & Palacios, M. (Eds.) (2011). Los señores de la crítica: periodismo musical e ideología del modernismo en Madrid, 1900-1950. Sevilla: Editorial Doble J.
Cone, E. T. (1989). The Authority of Music Criticism. In Music: A View From Delft (pp. 95-112). Chicago: University of Chicago Press.
Ellis, K. (1995). Music Criticism in Nineteenth-Century France: La Revue et gazette musicale de Paris 1834–80. Cambridge: CUP.
Haskell, H. (Ed.) (1996). The Attentive Listener: Three Centuries of Music Criticism. Princeton: PUP.
Kerman, J. (1994). Write All These Down: Essays on Music. Berkeley: University of California Press.
Pestelli, G. (2001). La pulce nell´orecchio: temi svolti di critica musicale. Venezia: Marsilio.
Taruskin, R. (1995). Text and Act: Essays on Music and Performance. New York: OUP.

Método de ensino

Aulas teóricas (40%); Aulas práticas (60%). As aulas práticas contemplam a análise e discussão de textos de crítica musical de várias épocas e com diferentes âmbitos; a audição comparada de interpretações diferentes das mesmas obras; e a apresentação oral por parte dos alunos de recensões de textos da bibliografia e de comentários de crítica musical.

Método de avaliação

Avaliação contínua (50%): terá em conta a assiduidade e a participação activa nas aulas, incluindo a discussão de tópicos relacionados com o programa, a apresentação oral de recensões e exercícios práticos de crítica musical.
Trabalho escrito (50%): 4 textos de crítica musical (máximo de 5 pp. cada um).

Conteúdo

1. História e fundamentos da crítica musical.
2. Os recursos bibliográficos disponíveis para o estudo da crítica musical.
3. A crítica como fonte musicológica
4. Crítica e história da interpretação musical.
5. A crítica musical na actualidade no panorama nacional e internacional.
6. Desafios recentes e os novos suportes da crítica na era digital.