Metodologias de Investigação Sociológica - 1. semestre

Objectivos

1. Conhecimentos e competências metodológicas para delinear e gerir, de modo integrado e evolutivo, o projecto de investigação fundamental ou aplicada conducente à realização da componente não lectiva do mestrado. 2. Conhecimento e compreensão das principais estratégias e opções técnicas disponíveis para a investigação em Ciências Sociais, e capacidade para as combinar em função dos objectivos da investigação. 3. Capacidade de apresentação e discussão crítica e reflexiva de projectos de investigação.



Caracterização geral

Código

722081071

Créditos

10

Professor responsável

Ana Lúcia Teixeira, Ana Nestal Roque

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português com apoio tutorial em LE,

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

Bardin, L. (2009). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70. Bryman, A. (2012). Social research methods. Oxford: Oxford University Press. Guerra, I. C. (2006). Pesquisa qualitativa e análise de conteúdo. Sentidos e formas de uso, Parede: Principia editora. Hill, A., & Hill, M. M. (2008). Investigação por questionário. Lisboa: Edições Sílabo. Lisboa, M. (2016) (Coord.). Metodologias de investigação sociológica: problemas e soluções a partir de estudos empíricos. Vila Nova de Famalicão: Húmus. Quivy, R., & Campenhoudt, L. V. (2008). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva. Silva, A. S., & Pinto, J. M. (Org.) (1986). Metodologia das Ciências Sociais. Porto: Afrontamento. Vicente, P., Reis, E., & Ferrão, F. (2011). Sondagens: a amostragem como factor decisivo de qualidade. Lisboa: Sílabo.




Método de ensino

Os tópicos do programa são objecto de lições de enquadramento e síntese proferidas pelos docentes, a aprofundar pelas leituras indicadas. Em simultâneo, os estudantes são convidados, no período de acompanhamento tutorial colectivo, a expor progressivamente a evolução do seu projecto pessoal, desde a delimitação inicial do tema e sua problematização, a incorporação dos resultados de revisão bibliográfica autónoma e das aprendizagens metodológicas, até ao projecto final planeado. O programa culmina na discussão dos projectos individuais dos estudantes.


Método de avaliação

O projecto escrito final é avaliado com a ponderação de 100%.

Conteúdo

1. Método científico, operacionalização e planeamento da investigação. Estratégia de investigação. Etapas: problematização; construção das hipóteses; construção do campo de observação; operacionalização empírica da recolha e tratamento dos dados; análise de resultados até ao texto final. 2. Tipos de abordagens metodológicas: quantitativas; qualitativas e mistas. Exemplos de investigações. 3. Instrumentos metodológicos quantitativos: na recolha, tratamento e análise estatística dos dados (univariada, bivariada e multivariada). Exemplos de aplicação. 4. Instrumentos metodológicos qualitativos: entrevistas, histórias de vida e tratamento e análise de dados qualitativos (p.ex. Análise de Conteúdo). Exemplos de aplicação. 5. Instrumentos metodológicos mistos. Exemplos de aplicação. 6. Ateliers de trabalho com os/as alunos/as a partir dos temas dos seus trabalhos finais. 7. Discussão final dos projectos.