Prática de Ensino Supervisionada em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico - 1. e 2. semestre

Objectivos

a) Mobilizar e aplicar conhecimentos científicos, pedagógicos, didácticos e metodológicos à definição, gestão e avaliação de planos curriculares e de práticas pedagógicas específicas do ensino de Música.
b) Aplicar ao trabalho de observação de aulas leccionadas pelo orientador cooperante e à planificação,
execução e avaliação de aulas de música as competências adquiridas em metodologias de investigação
educacional, transversais à formação em Ciências da Educação e em Didáctica.
c) Desenvolver a planificação e implementação de práticas pedagógico-didácticas inovadoras.
d) Desenvolver um conhecimento dos estudantes em contexto escolar, suas semelhanças e diferenças,
particularmente no respeitante às suas necessidades, comportamento, motivação e níveis de aprendizagem.
e) Desenvolver uma reflexão informada e crítica sobre o contexto educativo de música.
f) Relacionar as componentes formativa, reflexiva, investigativa com a actividade do professor de educação musical.

Caracterização geral

Código

722160099

Créditos

45

Professor responsável

Isabel Maria Lopes Figueiredo

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

Alarcão, I. (1996). Formação reflexiva de professores: Estratégias de supervisão. Porto: Porto Editora.
Altet, M. (2000). Análise das práticas dos professores e das situações pedagógicas. Porto: Porto Editora.
De Baets, T., & Buchborn, T. (Eds.)(2014). European perspectives on music education: The reflective music teacher. Innsbruck: Helbling.
Korthagen, F.A.J., Kessels, J., Koster, B., Lagerwerf, B., & Wubbels, T. (2001). Linking
practice and theory: The pedagogy of realistic teacher education. Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum
Moon, J. (1999) Reflection in learning and professional development: theory and practice. London: Kogan Page
Nóvoa, A. (coord.)(1992). Os professores e a sua formação. Lisboa: D. Quixote.
Roldão, M. C. (2009). Estratégias de Ensino. O saber e o agir do professor. Vila Nova de Gaia: Fundação Manuel Leão.
Schön, D. (1991). Educating the Reflective Practitioner: Toward a New Design for Teaching and Learning in the Professions. San Francisco: Jossey-Bass.

Método de ensino

A construção do profissionalismo docente enquadra-se numa abordagem potenciadora do desenvolvimento do pensamento crítico e da capacidade reflexiva (Korthagen, 2001) em articulação com uma metodologia de aprender a fazer fazendo, \"learning by doing\" na terminologia de Schön(1991), e sem perder de vista a dimensão investigativa. A supervisão decorre numa perspectiva prescritiva, colaborativa e reflexiva e conduz a uma reflexão sobre a actividade docente e o desenvolvimento profissional e pessoal, com abertura à inovação e transformação.

Método de avaliação

A avaliação é contínua nas modalidades de avaliação formativa e sumativa respeitante a todo o trabalho
desenvolvido no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada.

Conteúdo

a) Observação e análise de contextos educativos.
b) Aplicação prática do currículo e programa das diferentes áreas da música (Instrumento, História da Música e da Cultura, Análise e Técnicas de Composição).
c) Planificação e leccionação de aulas e unidades de ensino.
d) Avaliação crítica e aplicação prática e desenvolvimento de materiais e recursos.
e) Planificação e implementação de actividades e projectos de integração escolar.
f) Avaliação contínua, incluindo modalidades de avaliação diagnóstica, formativa e sumativa.
g) Trabalho em equipa, colaboração e networking.
h) Prática reflexiva e autoavaliação.
i) Educação para a cidadania intercultural.
j) A construção ética da profissão docente.