Mestrado em Ensino de Filosofia no Ensino Secundário

Objetivos educativos

- Compreensão das linhas orientadoras da política educativa nacional.
- Capacidade de aplicação dos fundamentos pedagógicos, das didáticas e das metodologias de investigação.
- Capacidade de adequação das práticas pedagógicas e didáticas à especificidade disciplinar, discente e
circunstancial.
- Capacidade de aplicação dos conhecimentos científicos, culturais, pedagógicos e didáticos em atividades de ensino-aprendizagem.
- Capacidade de refletir sobre as implicações éticas, sociais e culturais do exercício da atividade docente, no contexto do mundo atual, da política educativa e da formação cívica.
- Competências de aprendizagem, formação e desenvolvimento profissionais contínuos.
- Desenvolvimento do saber filosófico adquirido e capacidade de o aplicar na orientação da actividade letiva.
- Capacidade de elaborar uma leitura consistente do Programa de Filosofia.
- Capacidade de planificar, de avaliar, de inovar no âmbito do processo de ensino-aprendizagem.

Caracterização geral

Código

4271

Ciclo

Mestrado (2.º Ciclo)

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

Ciclo de estudos conducente ao grau de doutor. Sobre as condições específicas de acesso aos cursos de doutoramento consulte-se os regulamentos dos cursos de doutoramento da FCSH/NOVA.

Coordenador

Luís Manuel Bernardo

Data de abertura

Setembro de 2019

Número de vagas

10

Propinas

Consultar o edital de candidatura disponível em www.fcsh.unl.pt

Horários

(a disponibilizar em http://www.fcsh.unl.pt/ensino/mestrados)

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 2 anos / 4 semestres Créditos totais: 120 créditos (70 em unidades curriculares + 50 na componente não letiva).
Para a realização da componente não letiva conducente ao grau de mestre, o aluno realiza, nos termos do disposto na no Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, a iniciação à prática profissional a que são atribuídos 50 créditos (45 ECTS correspondem à Prática de Ensino Supervisionada e 5 ECTS ao Seminário de Orientação da Prática de Ensino Supervisionada).
O grau de mestre corresponde ao nível 7 do QNQ/QEQ - Quadro Nacional de Qualificações/Quadro Europeu de Qualificações.

Condições de acesso

Consultar o edital de candidatura disponível em www.fcsh.unl.pt A prova escrita presencial (obrigatória) consistirá na elaboração presencial de um texto, até 5 páginas, com a duração de 1 hora, em que o candidato fundamentará do ponto de vista científico e pedagógico a intenção e o enquadramento da sua candidatura, comprovando o domínio escrito da língua portuguesa e o domínio das regras essenciais da argumentação lógica (Art. 17º, 1, do DL n.º 79/2014). Os candidatos deverão possuir na sua formação o número de créditos, estipulado nos artigos 17.º e 18.º do DL 79/2014, na respetiva área da docência.

Regras de avaliação

1) Para a frequência das unidades curriculares do mestrado não são exigidas precedências obrigatórias. 2) A avaliação de conhecimentos relativos à componente curricular do mestrado tem carácter individual e realizar-se-á no final dos semestres letivos. Serão considerados, na avaliação de conhecimentos, provas finais escritas e/ou orais, trabalhos ou outros elementos de avaliação levados a efeito pelos alunos no âmbito das diferentes unidades curriculares em condições a definir pelos respetivos docentes. O resultado da avaliação será expresso na escala numérica de 0 a 20 valores. 3) Considera-se aprovado numa unidade curricular o aluno que obtenha a classificação final igual ou superior a 10 valores. 4) A obtenção dos 60 créditos da componente letiva do mestrado precede a inscrição para a realização da Prática de Ensino Supervisionada. 5) Para a avaliação da componente não letiva consulte-se o regulamento interno da componente não letiva dos cursos de mestrado em ensino da FCSH/NOVA.