Teorias e Conceitos de Ecologia Humana - 1. semestre

Objectivos

O conteúdo desta unidade curricular foi preparado de modo a permitir quer o aprofundamento dos conhecimentos para alunos que entram no programa de doutoramento depois de terem concluído o mestrado em Ecologia humana quer para iniciar os outros alunos nestas temáticas. Para esses alunos será disponibilizada bibliografia extra e acompanhamento tutorial para que no final do semestre o grupo de alunos tenha um conhecimento mais homogéneo.

Pretende-se que os alunos adquiram e desenvolvam:
a) uma visão alargada dos desenvolvimentos teóricos da ecologia humana;
b) capacidade de análise crítica das principais correntes teóricas da ecologia humana;
c) familiaridade com as abordagens multidisciplinares em que se articulam os diversos saberes;
d) competências de pesquisa bibliográfica e de leitura crítica dos textos dados ao longo do semestre;
e) Competências para aplicar esses conhecimentos na elaboração de um ensaio de revisão de literatura.

Caracterização geral

Código

73220100

Créditos

10

Professor responsável

Docente a definir

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

Borden, R (2014) Ecology and Experience. California: N. Atl. Books.
Bruhn, J. (1974) Human Ecology: A Unifying Science?. Human Ecopoly, Vol.2(2): 105/125.
Ehrlich, P. R; Ehrlich, A. H.; Holdren, J. P. (1973). Human Ecology: Problems and Solutions. S.Francisco: Freeman
Gross, M (2004) Human Geography and Ecological Sociology: The Unfolding of a Human Ecology, 1890 to 1930 – and Beyond. Soc. Sc. Hist. 28 (4): 575-605
Habermas, J (2006). O Futuro da Natureza Humana. Coimbra: Almedina
Lopes P. and Begossi A (eds) (2009) Current Trends in Human Ecology. UK: Cambridge Sch. Pub.
Pires, I., Craveiro, J (2010) Human Ecology: Past, Present and Future, in Studies in Human Ecology. Hanoi: House Sci. Techn, pp.: 26-44
Pires, I (2014) Problemas Sociais Complexos: O Olhar da Ecologia Humana, in Alvim, Badiru e Marques (ed) ECOLOGIA HUMANA, UMA VISÃO GLOBAL. Feira de Santana: UEFS
Steiner, D; Nauser, M (Ed) (2003) Human ecology, Fragments of anti-fragmentary views of the world. Taylor & Francis

Método de ensino

As aulas estão centradas na exposição teórica da matéria com base nos textos disponibilizados no moodle que permita aos alunos aceder a um leque amplo de perspetivas de análise. Com base nelas o aluno deve desenvolver a sua própria opinião crítica sobre o tema e discuti-lo numa dinâmica de grupo. Essa reflexão crítica será ainda desenvolvida na elaboração do seu ensaio individual, que deverá ser apresentado em aula. Cada aluno terá cerca de 15m para apresentação seguido de um período de discussão durante o qual será pedido a cada um que comente o trabalho dos colegas. Desta forma será possível desenvolver competências associadas à exposição em público de um trabalho, capacidade crítica e capacidade de argumentação.

Método de avaliação

Ensaio teórico em ecologia humana de revisão de literatura de um tema específico escolhido pelo aluno e acordado com o docente (80% da nota final) e debate em aula prática (20% da nota final).

Conteúdo

A história da ecologia humana (do monismo à Escola de Chicago)
O que é a Ecologia Humana?
As raízes interdisciplinares da Ecologia Humana
Fundamentos Conceptuais da Ecologia Humana
Uma disciplina de síntese e/ou uma disciplina aberta?
Lidando a complexidade e a diversidade

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: