Semiótica e Artes Cénicas

Objectivos

O Seminário articula-se em torno de 3 eixos: i) estabelece o campo semiótico, os seus limites e os termos do extenso debate sobre as possibilidades da semiótica face às artes cénicas; ii) servidos pelo mais significativo corpus teórico da semiótica teatral, estabelecem-se as linhas mestras de uma semiótica específica (categorias, conceitos operatórios e problemas teóricos) orientada para as artes cénicas; iii) aplicação e
inquirição teorética no campo das artes cénicas contemporâneas.
No final do Seminário, o aluno deve evidenciar conhecimentos adquiridos no plano histórico, metodológico e teórico, nomeadamente operacionalizando conceitos, e capacidade genérica para estabelecer relações (entre conceitos, autores, teorias). Deve também ser capaz de problematizar questões específicas da semiótica aplicada às artes cénicas. Deve igualmente evidenciar competências analíticas e capacidade de aplicação das ferramentas teóricas a um leque alargado de objectos no campo das artes cénicas.

Caracterização geral

Código

722011126

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Alter, Jean 1990, A sociosemiotic theory of theatre. Filadélfia, University of Pennsylvania Press.
Aston, Elaine & Savona, George, 1991, Theatre as sign-system. A semiotics of text and performance. Londres/Nova Iorque, Routledge.
Baron, Cynthia & Carnicke, Sharon Marie ,2008, Reframing screen performance. Ann Arbor, The University of Michigan Press.
Eco, Umberto ,1979, Lector in fabula. Milão, Bompiani [ed. ut.: Leitura do texto literário. Lector in fabula., Lisboa, Presença, 1983. Trad. de Mário Brito].
Fischer-Lichte, Erika ,1992, The semiotics of the theatre. Bloomington e Indianapolis, Indiana U. P..
Howell, Anthony , 2000, The analysis of performance art. Londres e Nova Iorque, Routledge.
Lotman, Jurij M. ,1985, La semiosfera. Veneza, Marsilio. Trad., introd. e org. de Simonetta Salvestroni.
Pavis, Patrice, 1996, L’analyse des spectacles: théâtre, mime, danse, danse-théâtre, cinéma. Paris, Nathan
Rodrigues, Adriano Duarte, 1991, Introdução à semiótica. Lisboa, Presença.

Método de ensino

O seminário solicita um forte investimento em leituras preparatórias, alicerçando a explanação teórica e o debate crítico. Além de aulas expositivas, haverá debates orientados por alunos, exposições, produção de resenhas críticas e participação activa nas aulas.

Método de avaliação

O desenvolvimento de um trabalho de investigação ao longo do semestre, obrigatório, diversifica as perspectivas abordadas e enriquece os objectivos do seminário.
O regime de trabalho é presencial.

Conteúdo

1. Semiótica e semiótica do teatro. O ‘estado da arte’ num debate em curso.
1.1. Por uma semiótica da cultura
1.2. Fundadores: Saussure, Peirce. Lotman, Eco, Sebeok.
1.3. Representação e crise da representação
1.4. O lugar do receptor
1.5. Questões de semiótica geral: signo, código, enciclopédia.
2. Semiótica e artes cénicas, para uma semiótica específica
2.1. Problemáticas da semiótica do teatro
2.2. Dança, mimo, circo
2.3. Performance
2.4. Semiótica de objectos mediados: documentação, registo, resto.
3. Estudos de caso