Problemáticas de Estudos Urbanos - 1. semestre

Objectivos

Esta unidade curricular tem como objectivos:
- Sistematização da panóplia de áreas problemáticas que têm sido analisadas pelos estudos urbanos, tendo
como enfoque a evolução histórica das cidades, os seus actuais problemas e desafios sociais e urbanos e o
campo das políticas para fazer face a esses problemas e desafios.
- Formação avançada, e em profundidade, das problemáticas que se afiguram mais pertinentes no actual
contexto de intensa transformação social e urbana, em estreita articulação com os centros de investigação
associados.
Prosseguindo aqueles objectivos procura-se que os estudantes adquiram as seguintes competências:
- Capacidade para efectuar uma reflexão integrada e multidisciplinar, e desenvolver trabalho de pesquisa
autónomo, sobre as principais problemáticas dos estudos urbanos.
- Domínio do conhecimento avançado sobre a diversidade de problemáticas e sobre os principais debates e
perspectivas de abordagem do urbano.

Caracterização geral

Código

73217145

Créditos

10

Professor responsável

Joana da Cunha Leal

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem

Bibliografia

- Graham, Stephen e Simon Marvin; (2001), Splintering urbanism, Londres: Routledge.
- Jaine, Mark; (2005), Cities and Consumption, Londres: Routledge.
- Rodrigues, Walter (2010), Cidade em Transição, Lisboa: Celta Editora.
- Short, John (2006), Urban Theory: a critical assessment, Nova Iorque: Palgrave.
- Thorns, David C. (2002), The Transformation of Cities, Nova Iorque: Palgrave.

Método de ensino

A metodologia de ensino consiste na combinação de sessões expositivas e de discussão dos conteúdos programáticos, com sessões de apresentação de pesquisas e debates teóricos sobre a diversidade de problemáticas dos estudos urbanos. Atendendo ao nível avançado da formação, parte daquelas sessões são dinamizadas pelos estudantes com a coordenação e moderação dos docentes.

Método de avaliação

Como modelo de avaliação, avaliar-se-á o desempenho da participação dos estudantes naquelas exposições (50%) e a redacção de um texto, em formato de paper, de estado da arte sobre uma das problemáticas dos estudos urbanosapresentadas (50%).

Conteúdo

O vasto acervo de pesquisas e análises teórico-conceptuais do campo dos estudos urbanos pode ser sistematizado em 3 eixos de problemáticas: o eixo dos processos de urbanização e transformação das cidades; o eixo dos diversos nós problemáticos do urbano e o eixo das políticas públicas para fazer face àqueles nós problemáticos.
O programa estrutura-se nos módulos:
1.Dinâmicas de transformação urbana: perspectiva histórica da cidade e dos processos de urbanização;diversidade actual de modelos de cidade
2.Consumo e cultura urbana: o consumo como eixo estruturador das actuais economias urbanas,implicações para a vida urbana, expressão das culturas urbanas e políticas de cidade
3.Habitação e formas de habitar: análise da centralidade da função habitacional para a produção de cidade;diversidade e desigualdades sociais e urbanas; formas de habitar, mobilidade urbana e estilos de vida.
4.Políticas urbanas: políticas sectoriais; globalização e políticas integradas e sistémicas de cidade.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: