Mestrado em História do Império Português

Objetivos educativos

A realização do mestrado em História do Império Português implica a aquisição dos seguintes conhecimentos e competências:
- Assegurar a formação científica e académica em História do Império Português;
- Aprofundar a formação científica e académica na história comparada dos impérios coloniais;
- Aplicar uma metodologia transdisciplinar no registo, ainda inovador, da História Global;
- Desenvolver as competências necessárias para a prossecução de futuros estudos aprofundados;
- Potenciar a internacionalização das atividades académico-científicas com redes de investigação no Espaço Europeu, CPLP e em outras regiões, particularmente nas que tiveram contactos intensos com a presença portuguesa ou possuem hoje importantes comunidades imigrantes lusófonas.
- Elaborar textos científicos sobre Expansão e presença portuguesa no quadro teórico da história global.

Caracterização geral

Código

4316

Ciclo

Mestrado (2.º Ciclo)

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

Acesso a ciclos de estudos conducente ao grau de doutor. Sobre as condições específicas de acesso aos cursos de doutoramento consulte-se os regulamentos dos cursos de doutoramento da FCSH/NOVA.

Coordenador

João Paulo Oliveira e Costa

Data de abertura

Setembro de 2019

Número de vagas

25

Propinas

Consultar o edital de candidatura disponível em www.fcsh.unl.pt

Horários

O curso funciona em regime de e-learning assíncrono.

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 2 anos/4 semestres
Créditos totais: 120 créditos (60 em unidades curriculares + 60 na componente não letiva)
Modalidades de componente não letiva: Dissertação.
O aluno realiza 60 créditos no conjunto das unidades letivas oferecidas.
No 3.º semestre o aluno realiza obrigatoriamente o Seminário A Escrita da História (5 ECTS).
O grau de mestre corresponde ao nível 7 do QNQ/QEQ - Quadro Nacional de Qualificações/Quadro Europeu de Qualificações.

Condições de acesso

Consultar o edital de candidatura disponível em www.fcsh.unl.pt

Regras de avaliação

A avaliação final de cada unidade curricular poderá implicar a apresentação de um trabalho prático em sistema de ensino misto (podendo existir recurso a videoconferência ou a outros sistemas que possibilitem o contacto síncrono docente/mestrando). A defesa da dissertação de mestrado é feita presencialmente na FCSH/NOVA. Alternativamente poderá esta ter efeito por meio de videoconferência nas instalações da universidade do país de residência com a qual a FCSH/NOVA e o Centro de História de Além-Mar (CHAM) tenham um protocolo de cooperação ou nas embaixadas ou postos consulares de Portugal. Ao diploma de pós-graduação é atribuída uma classificação final no intervalo de 10-20 de escala numérica inteira de 0 a 20, bem como o seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. A classificação final do diploma de pós-graduação é a média, por crédito, das classificações obtidas nas unidades curriculares em que o aluno realizou os 60 créditos da componente curricular do mestrado. Ao grau de mestre é atribuída a classificação final no intervalo de 10-20 de escala numérica inteira de 0 a 20, bem como o seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. A classificação final do grau de mestre será a média da classificação final da componente curricular do curso, com o peso de 40%, e da classificação atribuída à dissertação, ou ao trabalho de projeto ou ao estágio com relatório, com o peso de 60%.