Interacções sócio-culturais na Expansão Portuguesa - 2. semestre

Objectivos

Esta unidade curricular tem como principal objectivo identificar e analisar os aspetos multi- e interculturais gerados no seio da Expansão portuguesa. Este período histórico, hoje identificado como a primeira globalização, é marcado por profícuas trocas culturais que abalaram não só a cultura europeia, mas também os diversos povos com quem os portugueses contactaram. Também ao nível social, a Expansão portuguesa provocou alterações ou até mesmo gerou aspectos sociais novos, tais como as sociedades coloniais do Atlântico português. A Expansão portuguesa, marcada pela diversidade geográfica e cultural, potenciou elevou à formação de fenómenos e sistemas sociais e ecológicos muito diferentes. É muito importante compreender as particularidades das sociedades e dos ambientes locais, assim como analisar o Império português num contexto global e trans-cultural.

Caracterização geral

Código

722051340

Créditos

10

Professor responsável

Cristina Maria Ribeiro da Silva Brito

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

N.A.

Bibliografia

COSTA, João Paulo Oliveira e & LACERDA, Teresa (2007). A Expansão Portuguesa. Uma História de Interculturalidade, Lisboa, Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas (ACIME).
BENTLEY, J.H., SUBRAHMANYAN, Sanjay & WIESNER-HANKS, Merry E. (Eds.) (2018). The Cambridge World History. Volume VI. The Construction of a Global World, 1400-1800 CE. Part I: Foundations. Cambridge University Press.
BOXER, Charles (1977) Relações Raciais no Império Colonial Português, 1415-1825, Porto, Afrontamento.
DAS, Nandini (2016). Encounter as Process: England and Japan in the Late Sixteenth Century. Renaissance Quarterly, 69: 1343-1368.
RUSSELL-WOOD, A. J. R. (1998). Um Mundo em Movimento. Os Portugueses na África, Ásia e América (1415-1808), Lisboa, Difel.
SCHWARTZ, Stuart (1988). Segredos Internos. Engenhos e escravos na sociedade colonial, São Paulo, Companhia das Letras.

Método de ensino

A disciplina funciona em regime de e-learning, suportado na plataforma MOODLE. É leccionação é efetuada recorrendo a vídos pré-gravados, mas também com o acesso a leituras especializadas, podcasts e ainda a uma variedade de recursos disponíveis em linha.

Método de avaliação

A avaliação da disciplina é feita pela avaliação parcial de: participação contínua em foruns MOODLE; recensão de meio termo e um trabalho final (cujo tópico deve ser selecionado em conjunto pelo estudante e dicente).

Conteúdo

1. Demografia e circulação de gentes na Expansão portuguesa.
2. Contribuição Portuguesa para a chamada Primeira Globalização.
3. Interações Culturais geradas pela Expansão Portuguesa.
4. Interações Sócio-Culturais no Império Português e nas suas franjas.
5. Interações Ecológicas no Império Português da época moderna.
6. Encontros e confrontos entre povos e impactos sócio-culturais e ecológicos.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: