Tradução e Criatividade

Objectivos

Objetivos:
A unidade curricular visa uma abordagem do fenómeno da criatividade na perspectiva das suas condições cognitivas, do seu enquadramento cultural e em particular no âmbito da sua manifestação no processo de tradução.
Competências:
- reflexão acerca da tradução enquanto processo criativo (ou re-criativo);
- reconhecimento das principais estratégias e recursos da criatividade em tradução;
- reconhecimento dos desafios à criatividade no processo de tradução;
- comparação entre recursos expressivos alternativos em línguas diferentes para um significado comum;
- análise crítica da tradução quanto ao grau de criatividade na aplicação de estratégias linguísticas e
cognitivas diversas na recriação do significado original;
- desenvolvimento da capacidade criativa no processo de tradução.

Caracterização geral

Código

73217168

Créditos

6

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

Será disponibilizada aos alunos através do sítio da disciplina uma seleção de textos para as várias sessões da unidade, incluindo os seguintes:
A selection of texts to be discussed in class will be made available through the course website, including but not limited to the following:
- Bassnett, Susan/ Bush, Peter (2007), The Translator as Writer, New York: Continuum.
- Brandt, Line e Per Aage Brandt (2005): “Cognitive Poetics and Imagery”, European Journal of English
Studies, Vol. 9, No. 2, 117-130.
- Kussmaul, Paul (2000), Kreatives Übersetzen. Tübingen: Stauffenburg.
- Levý, Jiří/ Popovič, Anton (1998), Translators´ Strategies and Creativity: Selected Papers from the 9th
International Conference on Translation and Interpreting, Prague, September 1995, Amsterdam: John
Benjamins.
- Tabakowska, Elzbieta (1993). Cognitive Linguistics and Poetics of Translation. Tübingen: narr, pp. 21-30.
- Venuti, Lawrence (2012). Translation Changes Everything. London and New York: Routledge.

Método de ensino

Ensino:
A unidade curricular será baseada na discussão de investigação recente. Serão propostos ao longo da
unidade vários textos, cuja leitura será preparada previamente pelos alunos, a fim de que os temas possam ser discutidos em aula, no espírito de um seminário. Serão ainda apresentados alguns estudos de caso de tradução criativa, que darão oportunidade para o desenvolvimento de uma competência crítica da criatividade em tradução.

Método de avaliação

Avaliação:
Participação ativa em aula (30%), apresentação oral (30%) e trabalho escrito final (40%).

Conteúdo

A unidade curricular parte da reflexão sobre o conceito de criatividade, nomeadamente quanto às suas
condições cognitivas e ao seu enquadramento cultural, para tratar a sua aplicação no contexto de tradução.
Entendida como um processo de criação (ou re-criação), a tradução criativa levanta a questão do papel do tradutor enquanto autor, e o da natureza inovadora do texto traduzido.
Numa perspectiva cognitiva, será feita uma análise da linguagem como a combinação de forma e conteúdo e uma reflexão sobre a correspondência entre várias formas linguísticas alternativas na expressão do mesmo conteúdo. Será dado destaque a estratégias linguísticas e conceptuais criativas, como a metáfora e a metonímia conceptual e ainda o blending ou integração conceptual: a sua expressão linguística constitui um desafio à tradução. Desta reflexão partir-se-á para a descrição de várias estratégias criativas na tradução.
Os aspetos culturais enquanto condição de criatividade merecerão um destaque particular.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: