Tópicos em ensino de português língua não materna - 2. semestre

Objectivos

No final, os alunos deverão ser capazes de:
-Explorar questões pertinentes no âmbito do ensino de PLNM
-Desenvolver competências de pesquisa autónoma direcionada para a resolução de problemas em contextos específicos de ensino

Pretende-se que os alunos desenvolvam os seguintes conhecimentos e competências:
-Conhecimento de conceitos e questões relevantes no ensino de PLNM
-Conhecimento da documentação e instrumentos de referência para o ensino de (P)LNM
-Conhecimento de práticas de avaliação (verificação da progressão das aprendizagens e para transição de nível)
-Capacidade de desenvolver instrumentos de avaliação de PLNM adequados ao perfil específico do público-alvo
-Capacidade de identificar procedimentos adequados para trabalhar o português como língua para fins específicos
-Capacidade de refletir criticamente sobre a sua própria prática pedagógica
-Capacidade de desenvolver projetos de investigação-ação que permitam intervir adequadamente em diferentes contextos educativos

Caracterização geral

Código

722131100

Créditos

10

Professor responsável

Ana Maria Lavadinho Madeira

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

n/a

Bibliografia

Conselho da Europa (2001) Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas – Aprendizagem, Ensino, Avaliação. Porto: ASA.
Hughes, A. (2003) Testing for Language Teachers, 2nd Edition. Cambridge University Press.
Mateus, M. H. M., D. Pereira e Fischer, G. (orgs.) (2008) Diversidade Linguística na Escola Portuguesa. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Mateus, M.H.M. & L. Solla (orgs.) (2013) O Ensino do Português como Língua Não Materna: Estratégias, Materiais e Formação. Lisboa: ILTEC/Fundação Calouste Gulbenkian.
Ministério da Educação (2005) Quadro de Referência para o Ensino do Português no Estrangeiro (QuaREPE). Lisboa: DGIDC/GAERI.
Otwinowska, A. & G. de Angelis (eds.) (2014) Teaching and Learning in Multilingual Contexts: Sociolinguistic and Educational Perspectives. Bristol: Multilingual Matters.
Tripp, D. (2005) Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e Pesquisa 31, 3, São Paulo, 443-466.

Método de ensino

A unidade curricular está organizada em módulos programáticos, em função dos conteúdos lecionados. O ensino de cada módulo tem como suporte: vídeo-aulas com a exposição de conteúdos; outros recursos com suporte vídeo, quando se torna necessário complementar as vídeo-aulas; outros recursos adaptados a cada módulo de ensino (sínteses, apresentações esquemáticas, quadros, imagens, etc.); indicações bibliográficas / acesso a bibliografia em linha. Todos os recursos e interação com os estudantes terão como suporte privilegiado a plataforma moodle.
Ensino em e-learning.

Método de avaliação

(a) Participação em sessões de atendimento e nos fóruns de discussão (10%).
(b) Realização de quatro atividades individuais ou colaborativas ao longo do semestre (60%).
(c) Desenho de um projeto de investigação-ação (30%).

Conteúdo

1. Documentos orientadores e instrumentos de referência para o ensino/aprendizagem de (português) língua não materna
2. O ensino do português em diferentes contextos de aprendizagem e a diferentes públicos: o português como língua segunda, língua estrangeira e língua de herança.
3. O ensino/aprendizagem do português enquanto língua de escolarização
4. Práticas de avaliação para verificação da progressão das aprendizagens e para transição de nível
5. O desenvolvimento de projetos de investigação-ação no domínio do português língua não materna

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: