Didática do Espanhol I - 1. semestre

Objectivos

a) Adquirir conceitos e terminologia centrais no ensino-aprendizagem do espanhol.
b) Aprofundar na identificação e caracterizão do contributo dos vários métodos e abordagens no ensino da língua estrangeira.
c) Familiarizar-se com os programas nacionais de Espanhol e o Plan Curricular del Instituto Cervantes, seguinte nivel de abstração do Marco Común Europeo de Referencia para las Lenguas.
d) Desenvolver uma análise e reflexão sobre as crenças do professor e do aluno de LE, e como incidem na sala de aula.
e) Desenvolver uma reflexão sobre a carreira docente em LE e as competências que o professor deveria possuir.
f) Analisar as competências de produção e de recepção e elaborar propostas de desenvolvimento e integração no quadro de uma unidade didáctica.
g) Promover a consciencialização para a diversidade linguística e cultural do âmbito hispánico.
h) Reflectir, analisar e discutir processos a desenvolver na sala de aula recorrendo aos conhecimentos adquiridos no âmbito da didáctica.

Caracterização geral

Código

722160029

Créditos

10

Professor responsável

María del Carmen Fondo Lavandeira

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Espanhol

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Dörney, Z. e Murphey, T. (2003). Group Dynamics in the Language Classroom. Cambridge: Cambridge University Press
Ellis, R. (2012). The study of second language acquisition. Oxford: Oxford University Press
Estaire, Sh. (2013). Competencia docente en lenguas extranjeras y formación de profesores. Madrid: Edinumen
Sánchez, J. e Santos, I. (eds.). (2004). Vademécum para la formación de profesores. Enseñar español como segunda lengua (L2) / lengua extranjera (LE). Madrid: SGEL
Valadares, J.A. e Moreira, M.A. (2009). A teoria da aprendizagem significativa. Sua fundamentação e implementação. Coimbra: Almedina

Método de ensino

As aulas são de natureza teórico-prática e incluem exposição, demonstração, actividades práticas, discussão conjunta e reflexão sobre os temas e conteúdos abordados. Privilegia-se a aplicação prática da teoria, a interacção e a participação activa dos alunos individualmente e em grupo.

Método de avaliação

Avaliação contínua: trabalho prático-teórico consistente na criação de uma Unidade Didática (60%); prova escrita presencial (30%). A participação regular nas sessões será objecto de avaliação (10%).

Conteúdo

a) Língua e conceitos subjacentes ao ensino-aprendizagem da LE.
b) Teorias e metodologias de ensino da LE.
c) Capacidades de recepção e de produção.
d) Motivação dos estudantes, diferenças entre estudantes e diferentes contextos de aprendizagem.
e) Planificação e gestão de sala de aula.
f) Teorias e fundamentos para a avaliação.
g) Pedagogia do erro.
h) Instrumentos e técnicas de avaliação.