Didática do Espanhol II - 2. semestre

Objectivos

a) Desenvolver o conceito de observação de aula crítica e construtiva e as suas vantagens.
b) Aprofundar o conceito do erro e as suas implicações numa abordagem comunicativa do ensino.
c) Desenvolver uma visão geral sobre a importância da avaliação.
d) Desenvolver uma compreensão crítica do uso atual da tecnologia digital relativamente às implicações para o ensino-aprendizagem da LE.






Caracterização geral

Código

722160030

Créditos

5

Professor responsável

María del Carmen Fondo Lavandeira

Horas

Semanais - 1,5 letivas + 0,5 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Espanhol

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Arrate, G. (2011). Las tecnologías de la información en la enseñanza del español. Madrid: ArcoLibros
Bordón, T. (2006). La evaluación de la lengua en el marco de E/L2: bases y procedimientos. Madrid: ArcoLibros
Croll, P. (1995). La observación sistemática en el aula. Madrid: La Muralla
Ribas, R. e D’Aquino, A. (2004). ¿Cómo corregir errores y no equivocarse en el intento? Madrid: Edelsa
Woodward, T. (2002). Planificación de clases y cursos. Madrid: Edinumen

Método de ensino

As sessões são de natureza teórico-prática e incluem exposição, demonstração, actividades práticas, discussão conjunta e reflexão sobre os temas e conteúdos abordados. Privilegia-se a aplicação prática da teoria, a interacção e a participação activa dos alunos individualmente e em grupo.

Método de avaliação

Apresentação de pequenos trabalhos durante o semestre (30%) e preparação de um projeto relativamente a um dos temas tratados no curso, à escolha dos estudantes (60%). A participação regular nas sessões será objeto de avaliação (10%).

Conteúdo

a) Técnicas e tarefas de observação.
b) Análise crítica de exemplos de práticas pedagógicas.
c) Princípios relativos ao papel do erro na abordagem comunicativa.
d) Análise crítica de diversos métodos de avaliação.
e) Análise crítica de manuais relativamente ao ensino-aprendizagem de língua-cultura.