Sistemas de Poderes na Idade Média - 1. semestre

Objectivos

a) Familiarizar-se com a problemática subjacente ao estudo dos “Sistemas de Poder” para o entendimento da realidade dos séculos XII a XIV; b) Aprofundar e definir conceitos operativos no mundo das relações de poder; c) Explicar a problemática de teorizações sociais da época e fora dela; d) Analisar criticamente como elas contribuíram para a estruturação e para o nosso entendimento das relações de poder, real e simbólico, que na época se estabelecem; e) Explicar os conceitos em torno da construção de Identidades com base na construção de comunidades sociais específicas.; f) Relacionar criticamente os elementos caracterizadores das Instituições tradicionais de poder na idade Média: Papado, Império, Reinos e Cidades.; g) Reconhecer a existência de outros poderes, nesta constelação, alternativos; h) Elaborar pequenos ensaios críticos sobre as temáticas em análise

Caracterização geral

Código

722051167

Créditos

10

Professor responsável

Maria João Violante Branco

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a

Bibliografia

BAILEY, F. G., Stratagems and Spoils : a social anthropology of politics, Boulder, Colorado, Oxford, 2001
BOURDIEU, P., O Poder Simbólico,(trad. Fernando Tomaz ; rev. Fernando Portugal), 2ªed, Lisboa, 1989
BOUTET, D., VERGER, Penser le Pouvoir au Moyen Age, Paris, 2000

Método de ensino

.As sessões de Mestrado serão de formato variável, devendo em geral comporse de uma parte de exposição e outra de debate, mas podendo verificar-se outros modelos, como a leitura colectiva e debate, aulas dadas por estudantes e discussão na aula, análise de fontes e comentário de artigos. Durante todas as sessões os mestrandos serão chamados a participar de forma activa e crítica, lendo os textos fornecidos em cada sessão e participando nos debates de grupo. Haverá duas sessões destinadas à exposição e debate por parte dos estudantes.

Método de avaliação

A avaliação final para este seminário será feita com base na participação activa dos estudantes ao longo das sessões presenciais (20%), numa exposição oral com recurso a power point (30%) e num trabalho final de 15 pp., a defender numa sessão oral e apresentar como trabalho escrito (50%).

Conteúdo

1. Teoria do Poder 1.1.Poder e Poderes: abordagens da sociologia, antropologia, ciência política, história, filosofia. 1.2.Teoria social do poder: da Filosofia à Sociologia 1.3.Potestas, Auctoritas, Legitimitas: da palavra à teoria. Da teoria à prática ou da prática à teoria? 1.4.Estratégias de Legitimação: da teoria do consenso à teoria do conflito. Os regimes políticos e sua legitimação, da Antiguidade à Idade Média Tardia. 1.5.Teoria Política na Idade Média: sobrevoo. 2. Poderes na Idade Média: dos Homens às Instituições 2.1.Os Homens em Comunidade. 2.1.1. A Questão das Ordens: como colocá-la? 2.1.2. A Questão Feudal: porque ainda se coloca? 2.1.3. Comunidades – Identidades: como equacionar a questão? 2.2. Grupos Sociais e Poder 2.2.1.Clero 2.2.2. Nobreza 2.2.3.“Povo”? 2.3. O Poder Institucionalizado 2.3.1.O Império e os Reinos 2.3.2. O Papado 2.3.3. As Cidades 3. Poderes Alternativos: a Mulher, as Minorias Étnico-Religiosas, a Palavra, a Memória