Liturgia e espectáculo: espaços e imagens através do gótico

Objectivos

Analisar criticamente o fenómeno imagético na Idade Média como instrumento de intervenção no real e de construção de relações e significados; Abordar a produção artística do período gótico, através de realizações concretas e de domínio artístico abrangente, entendendo-as na sua articulação com os principais momentos e observâncias da liturgia (e diferentes contextos religiosos) e em paralelo com uma apetência para a complexificação das práticas ´performativas´ e propagandísticas, acentuada no caminhar para o final da Idade Média; Saber dissertar sobre as especificidades do panorama do gótico português, em confronto com os contextos internacionais, e reconhecer as transferências artísticas e culturais que configuram redes comunicativas de construção de uma identidade partilhada no Ocidente medieval, nos sécs. XIII-XV; Saber
manipular criticamente o conceito de “gótico” (nas suas diversas aplicações) e discutir a dialéctica entre os domínios da arte religiosa e da ´dita´ profana.

Caracterização geral

Código

722061099

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

Baschet, J. (2008). L´iconographie médiévale. Paris: Gallimard
Doig, A., Hall, L. M. (2008). Liturgy and Architecture. Oxford: Ashgate
Hiscock, N. (2003). The White Mantle of Churches. Architecture, Liturgy, and Art around the Millennium. Turnhout: Brepols
Hourihane, C. (2003). Objects, Images, and the Word. Art in the Service of the Liturgy. Princeton: Princeton University Press
Lillie, E. L., Petersen, N. H. (1996). Liturgy and the Arts in the Middle Ages. Copenhagen: Museum Tusculanum Press
Wirth, J. (2008). L´image à l´époque gothique. Paris: Les Éditions du Cerf

Método de ensino

As aulas teórico-práticas serão leccionadas utilizando o método expositivo com recurso a meios audiovisuais e instrumentos de estudo e investigação específicos tais como: textos de apoio, imagens e documentos. As aulas incluirão uma componente teórica, expositiva de conteúdos, focando cada um dos tópicos do programa, seguida de uma sessão prática, de análise crítica de textos e documentos e de reflexão sobre casos de estudo particulares. Nalgumas sessões práticas incluir-se-á o convite a investigadores com trabalho relevante a decorrer na área.

Método de avaliação

A avaliação basear-se-á em duas provas escritas: uma recensão crítica sobre um artigo ou obra relacionável com um dos temas da UC (30%); um trabalho de investigação focado num programa ou peça do Gótico, que possa ser directamente observada e estudada, ou numa temática que permita a
reflexão sobre as problemáticas propostas pela UC (70%). Os dois trabalhos têm de ser apresentados oralmente, de forma a promover um espaço de debate.

Conteúdo

1. Construções e ´desconstruções´ no discurso historiográfico sobre o gótico; 2. Imagem e Imago, idiossincrasia da comunicação visual na Idade Média; 3. O gótico em Portugal, que definição, que abrangência, que problemas?; 4. Os espaços, as práticas e as vivências: expressões do gótico arquitectural enquanto lugares de devoção, de habitação e de construção de uma imagem do mundo; 5. As imagens, as práticas e as ideias: expressões de arte móvel, entre a manifestação de uma consciência estética e a revelação de sistemas de valores.