A arte de Corte na época Moderna em Portugal

Objectivos

1. Conhecimento e aprofundamento do estudo sobre a problemática da arte e da encomenda de corte em Portugal no período barroco.
2. Contextualização dessa arte nos seus principais quadros de referência na Europa dos séculos XVII e XVIII.
3. Avaliação do significado do mecenato da Casa de Bragança no período anterior a 1640 e da sua projecção na época seguinte.
4. Consideração da personalidade de D. Catarina de Bragança como um caso de estudo relevante entre dois universos culturais.
5. Entendimento da problemática da arte de corte no período de D. João V como expressão de poder.
6. Aplicar os conhecimentos adquiridos e desenvolver a capacidade crítica na elaboração de um trabalho de investigação escrito.

Caracterização geral

Código

722061100

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

1) Cortes del barroco. De Bernini y Velasquez a Luca Giordano (dir, F. Checa Cremades). - Madrid: Patrimonio Nacional, 2004
2) Delaforce, A., Art and Patronage in Eighteenth-century Portugal. - Cambridge: Cambridge University Press, 2002
3) A encomenda prodigiosa. da Patriarcal à capela Real de S. João Baptista. - Lisboa: MNAA e Museu de S. Roque, 2013
4) Da Flandres. Os azulejos encomendados por D. Teodósio I, 5º Duque de Bragança. - Lisboa: MNA, 2012
5) Flor, S., Aurum Regina or Queen Gold: retratos de D. Catarina de Bragança entre Portugal e Inglaterra de Seiscentos. - Lisboa: Fundação Casa de Bragança, 2012
6) Joanni V Magnifico. A pintura em Portugal no tempo de D. João V. _ Lisboa: IPPAR, 1994
7) Jordan, A., Retrato de Corte em Portugal. - Lisboa: Quetzal, 1994
8) Pimentel, A.F., Arquitectura e Poder. O Real edifício de Mafra. - Coimbra: IHA, 2012
9) Senos, N., O Paço da Ribeira. 1501-1581. - Lisboa: Editorial Notícias, 2006

Método de ensino

Aulas expositivas teóricas asseguradas pelo docente, seguidas da análise e discussão de textos da bibliografia e obras ou núcleo de obras (apresentadas pelos alunos) em regime de seminário. São também apresentados e discutidos em seminário os trabalhos de investigação (10-12 pags) relacionados com os conteúdos programáticos e entregues no final do semestre pelos alunos.

Método de avaliação

A avaliação deste curso assenta em 3 elementos:
1) recensão crítica de uma obra da bibliografia (5 pags) apresentada e discutida em seminário (25%)
2) Comentário sobre uma obra ou núcleo de obras (3 pags) apresentada e discutida em seminário (25%)
3) Apresentação e discussão do trabalho de investigação final (50%)

Conteúdo

1. As cortes do Barroco e os modelos da Europa seiscentista. Da Espanha dos Austúrias à Roma pontíficia e à França de Luís XIV.
2. Do mecenato da Casa de Bragança à arte de corte do Portugal Restaurado. Orientações de gosto, programas e realizações.
3. A encomenda e a cultura artística de D. Catarina de Bragança entre as cortes de Londres e Lisboa no último terço do século XVII.
4. A arte como expressão do poder da monarquia absoluta. Os projectos de D. João V e as realizações no Paço da Ribeira, Patriarcal e Necessidades.
5. O palácio-convento de Mafra e a Imagem do Rei Fidelíssimono contexto do grande Barroco católico da Europa seiscentista.
6. A Ópera do Tejo e a ruptura do Terramoto na época de D. José.