Centros Históricos

Objectivos

O estudante deve ser capaz de articular, primeiro de maneira faseada e depois conjugada, os seguintes
objectivos:
a) dominar os principais conceitos urbanísticos e patrimoniais necessários para a análise de um centro
histórico,suas principais características e problemas de conservação, em particular no que se refere aos conceitos de património urbano e urbanístico.
b) adquirir uma visão global sobre a evolução histórica da cidade portuguesa, com vista à interpretação
informada e crítica dos centros urbanos, compreendendo a sua inserção na rede urbana de maior escala.
c) integrar os conhecimentos adquiridos na apreensão de uma situação efectiva de tomada de decisão sobre uma determinada área histórica, no âmbito de um núcleo urbano consolidado,
reflectindo a problemática das intervenções e usos contemporâneos.

Caracterização geral

Código

722051285

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

ANDRADE, Amélia (2001), A construção medieval do território. Lisboa: Livros Horizonte
CHOAY, Françoise (1982/2000), Alegoria do Património. Lisboa, Edições 70.
GAUTHIEZ, Bernard (2003). Espace urbain. Vocabulaire et morphologie. Paris: Monum Editions du Patrimoine.
MATTOSO, José, dir. (2010), Património de Origem Portuguesa no Mundo. Arquitectura e Urbanismo. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 3 vols
PESSÔA, José e PICCINATO, Giorgio (2007), Atlas dos Centros Históricos do Brasil. Rio de Janeiro, Casa da Palavra.
ROSSA, Walter (1995/2002), «A Cidade Portuguesa», A Urbe e o Traço. Uma Década de Estudos sobre o Urbanismo Português. Coimbra, Almedina, 2002, pp. 193-359.
TOPALOV, Christian; LILLE, Laurent Ciudroy de; DEPAULE, Jean-Charles; MARIN, Brigitte, ed. (2010), L’aventure des mots de la ville à travers le temps, les langues, les sociétés. Paris:
Robert Laffont.

Método de ensino

Exposições teóricas. Discussão de casos de estudo em sala de aula. Visitas de estudo.
A lição compreenderá uma exposição teórica, frequentemente complementada por projecção de imagens, e uma componente teórico-prática ou seminário, na qual se promoverá a discussão
de conteúdos bibliográficos com selecção e distribuição prévias, ou de casos de estudo cuja apresentação
deverá também ser preparada. A presença em sala de aula será preferencialmente alternada com a realização de visitas de estudo, ocasião que privilegiará uma observação e discussão mais informais dos conteúdos leccionados, promovendo um rápido esclarecimento de dúvidas e uma mais ágil troca de ideias.

Método de avaliação

A avaliação fundamentar-se-á num trabalho escrito individual com a extensão máxima de 15 páginas,
excluindo bibliografia e outros anexos; contudo deverá ser ainda complementada com a prestação oral estruturada em seminário.

Conteúdo

Primeira parte:
Introdução
Conceitos urbanísticos e patrimoniais: do monumento à cidade
Métodos de análise urbana: principais conceitos operativos e aplicabilidade selectiva
Segunda parte:
Da cidade Antiga à cidade Contemporânea em Portugal: uma aproximação histórica às seguintes áreas:
- História da Cidade Antiga
- História da Cidade Medieval
- História da Cidade Moderna
- História da Cidade Contemporânea
- História da Cidade “Portuguesa Além-Mar”
Terceira parte:
Alguns casos de estudo portugueses:Guimarães: do berço da nacionalidade a capital cultural europeia
Évora: a cidade do Sul entre a arquitectura monumental e os estratos pluriseculares
Angra do Heroísmo: insularidade, catástrofe e reconstrução
Vila Real de Santo António: planeamento e salvaguarda

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: