Semântica

Objectivos

a) delimitar o domínio do estudo da semântica lexical e da semântica frásica, propondo, simultaneamente, uma interação com outras disciplinas (sintaxe, pragmática, filosofia da linguagem); 

b) construir, a partir da descrição da heterogeneidade de formas disponíveis nas línguas, propostas que visem o tratamento homogéneo dessas formas, tendo em conta: 
(i) as formas e as construções que, nas diferentes línguas, permitem o estudo de diferentes categorias gramaticais 
(ii) os fenómenos heterogéneos que relacionam a estabilidade e a deformabilidade dessas formas na análise linguística; 
(iii) diferentes modelos e teorias, disponíveis no estudo da semântica das línguas

Caracterização geral

Código

722131082

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

CAMPOS, M. H.. Tempo, aspecto e modalidade. Porto, Porto Editora, 1997;
BAKER, C.. Lexical Semantics. In Encyclopedia of Cognitive Science, Macmillan, 2003;
BINNICK, R. I. (ed), The Oxford Handbook of Tense and Aspect. Oxford: Oxford University Press, 2012;
GEERAERTS, D.. Theories of Lexical Semantics, Oxford University Press, 2010;
MARTINICH, A. P.. (ed). The Philosophy of language. Oxford: Oxford University Press, 1990;
 

PALMER, F.R.. Mood and Modality. Cambridge, CUP, 2001;
PUSTEJOVSKY, J.. The Generative Lexicon, Massachussets: MIT Press, 1995.

Método de ensino

Os temas propostos para estudo, reflexão e discussão neste seminário são calendarizados no início do semestre e previamente preparados com base em leituras da bibliografia recomendada. 
Em sessões tutoriais, os mestrandos terão um acompanhamento regular personalizado das matérias, bem como dos trabalhos a apresentar para avaliação.
Ensino presencial

Método de avaliação

Participação ativa nas sessões de seminário, de acordo com as diferentes atividades educativas previstas. (10%); discussão de textos teóricos de acordo com os tópicos programáticos, (30%); apresentação de um trabalho final original (oral e escrito) (60%).

Conteúdo

A – Semântica Lexical: 1. Objeto de estudo, unidades, modelos; 2. Análise decomposicional do significado; 2.1 Modelo do Léxico Generativo: pressupostos, níveis de representação, mecanismos; 3. Casos de estudo / Fenómenos; 3.1 Tipos semânticos: herança; polissemia regular; tipos complexos e co-predicação; 3.2 Interface semântica-sintaxe: significado em contexto; co-composição; ligação seletiva; incorporação semântica.
B – Semântica Frásica: modelos e teorias 1. Construção da referência; 1.1 Descrições referenciais e não-referenciais: as operações de determinação nominal e a formatação semântica dos nomes; 2. Referência temporal e referência aspetual: Aktionsart e aspeto gramatical; marcadores de perfetividade e de imperfetividade nas línguas; o conceito de telecidade.
 3- modo, modalidade e valores modais; 3.1. Modalidade epistémica e não-epistémica; relações entre modalidade e tempo (s).
C- Casos de estudo: transcategorialidade e relações de interface na análise semântica