Ciências da Linguagem - Terminologia e Gestão da Informação de Especialidade

Objetivos educativos

1) Adquirir, desenvolver e aprofundar conhecimentos na área da Terminologia e da Gestão de Informação de Especialidade;
2) Desenvolver uma reflexão crítica sobre diferentes propostas teóricas e metodológicas;
3) Aplicar o conhecimento teórico e metodológico a trabalhos de investigação originais, individuais e/ou coletivos;
4) Adquirir competências de utilização das plataformas tecnológicas, nomeadamente dos sistemas informáticos, para aplicar e desenvolver técnicas e métodos do âmbito da Terminologia e da Gestão da Informação;
5) Desenvolver estratégias e aplicações originais e inovadoras de gestão de informação de especialidade orientadas pelo corpo teórico da terminologia;
6) Realizar um programa de trabalhos autónomo conducente à resolução de problemas de gestão de informação em situação de especialidade.

Caracterização geral

Código DGES

4356

Ciclo

Área de especialização

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

Coordenador

A disponibilizar brevemente

Data de abertura

Setembro de 2019

Número de vagas

Propinas

Horários

Idioma de ensino

A disponibilizar brevemente

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Este percurso é um perfil de

Mestrado em Ciências da Linguagem

Condições de acesso

Regras de avaliação

Estrutura

Obrigatória
Código Nome ECTS
722131073 Lexicologia e Lexicografia - 1. semestre 10
722131042 Linguística Computacional - 2. semestre 10
722131056 Teorias em Terminologia - 1. semestre 10
722131058 Terminologia e Ontologias - 2. semestre 10
Os alunos realizam ainda 20 créditos em regime de opção livre.
Opção Condicionada 1
Código Nome ECTS
Opções
722131116 Dissertação em Ciências da Linguagem, Terminologia e Gestão de Informação de Especialidade 30
722131117 Estágio com Relatório em Ciências da Linguagem, Terminologia e Gestão de Informação de Especialidade 30
722131118 Trabalho de Projeto em Ciências da Linguagem, Terminologia e Gestão de Informação de Especialidade 30
Para a realização da componente não letiva conducente ao grau de mestre, o aluno deve optar por uma das modalidades oferecidas.