Inovação e Estratégia nas Indústrias Criativas - 1. semestre

Objectivos

Sendo já uma evidência que a economia digital revolucionou as indústrias criativas, importa pensar qual deve ser o modelo de inovação e o conceito de negócio a aplicar. Esta UC pretende apresentar o potencial de mercado das indústrias criativas através de duas estratégias: pela apresentação do conceito disruptivo e a relevância de um modelo de negócio inovador; pela apresentação de estratégias possíveis a adotar por atores das indústrias criativas baseados em Portugal, tendo em conta as implicações do paradigma digital e as oportunidades de mercado a partir de Portugal.
O estudante irá refletir sobre os desafios estratégicos de uma entidade cultural, ganhando capacitação na aplicação estratégica de modelos de negócio a oportunidades criativas. Esta abordagem baseada na realidade dará ao estudante um olhar inovador sobre as indústrias criativas, permitindo a construção de modelos de negócio que têm em conta as variantes disruptivas que formatam a economia digital.

Caracterização geral

Código

2100122

Créditos

10

Professor responsável

António Granado, Diogo Queiroz de Andrade

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Pré-requisitos

Bibliografia

Christensen, Clayton (2013), The Innovator´s Solution: Creating and Sustaining Successful Growth. Harvard
Business Review;
Hartley, John (2015), Remix: Making Art and Commerce Thrive in the Hybrid Economy. SAGE;
HBR (2013), HBRs 10 Must Reads on Innovation. Harvard Business Review Press;
Keeley, Larry (2013), Ten Types of Innovation. Wiley;
Lessig, Lawrence (2008), Remix: Making Art and Commerce Thrive in the Hybrid Economy. Penguin;
Satel, Greg (2017), Mapping Innovation: A Playbook for Navigating a Disruptive Age. McGraw-Hill;
Todorovic, Milane e Bakir, Ali (2016), Rethinking Strategies for Creative Industries. Routledge;
UNESCO (2015), Cultural Times: The First Map of Cultural and Creative Industries. UNESCO.

Método de ensino

Método de avaliação

Conteúdo

O modelo de negócio como proposta de valor. A importância de um modelo de negócio bem-sucedido como fator
competitivo e como elemento diferenciador na economia digital.
- A disrupção inovadora e a criatividade como estratégia. As teorias e as práticas que valorizam as indústrias
criativas e criam oportunidades de negócio.
- O negócio das indústrias criativas. A marca, o produto, o valor, a propriedade intelectual, a economia relacional e
a comunidade de clientes.
- O mercado lusófono e o mercado europeu. Abordagens estruturais a estes dois mercados, dissecando os conceitos de base, a dimensão de cada um, os apoios existentes e alguns casos de sucesso.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: