Obras Geotécnicas

Objectivos

O aluno deve ficar apto a:

1.       identificar o tipo mais adequado de ensaios a incluir num programa de prospecção, tendo em conta o tipo de obra em causa;

2.       identificar os valores mais adequados para os principais parâmetros geotécnicos de solos (resistência e deformabilidade), a partir de análise integrada de resultados de ensaios de campo e de laboratório;

3.       caracterizar e classificar os maciços rochosos;

4.       verificar a segurança aos Estados Limites Últimos e de Serviço de fundações profundas, estruturas de suporte (identificando os impulsos sísmicos segundo o Eurocódigo 8) e taludes (recorrendo neste caso a programas de cálculo automático para análises em equilíbrio limite);

5.       identificar os aspectos geotécnicos mais relevantes da construção de túneis, barragens e de soluções de melhoramento e reforço de terrenos;

6.       identificar as principais grandezas a observar no âmbito da instrumentação de obras geotécnicas, e os tipos de equipamentos mais comuns disponíveis para a sua medição.

Caracterização geral

Código

2784

Créditos

6.0

Professor responsável

Nuno Manuel da Costa Guerra, Pedro Fernando e Mota Guedes de Melo

Horas

Semanais - 7

Totais - 70

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

O aluno deve ter conhecimentos de geologia de engenharia, de mecânica dos solos e da análise de segurança de acordo com o Eurocódigo 7.

Bibliografia

Principal

A disponibilizar ao longo do semestre.

 Secundária

Rock mass classification, Hoek, E., 2007, in Practical Rock Engineering, Chap.3, 40-59 (http://www.rocscience.com/)

Ingeníeria geologica, 2002, Vallejo, L.I.G., Prentice Hall, Madrid (Biblioteca geral)

Geotechnical Engineering Handbook, 2002, Smoltczyk, U. (Ed.), Volume 1: Fundamentals, Ernst & Sohn, Berlin (Biblioteca geral)

Schnaid, F. (2009) - In Situ Testing in Geotechnics: the main tests. Taylor & Francis.

Tomlinson, M. J. (1995) – Foundation Design and Construction. Longman Scientific & Technical.

Woodward, J. (2004) - An Introduction to Geotechnical Processes. Spon Press.

Método de ensino

Aulas teóricas para apresentação e explicação da matéria do programa. Aulas práticas e de laboratório para aplicação dos conceitos adquiridos nas aulas teóricas. 

 

Método de avaliação

A classificação final, NF, é dada por:

NF=0.15*NTR+0.85*NTP

sendo NTR a nota da componente de Avaliação de Projecto, constituída por dois trabalhos desenvolvidos no semestre (0.15*NTR=0.05*NTR1+0.10*NTR2) e NTP a nota da componente de Avaliação Teórico-Prática (nas Épocas de exame NTP é a nota do exame; na Avaliação Contínua 0.85*NTP=0.40*NT1+0.45*NT2,  sendo NT1 e NT2 as notas dos dois testes a realizar durante o semestre), ambos classificados de 0-20 val. Para aprovação NTP deverá ser no mínimo 9 val. em 20 val. e NF >= 9.5 val.

Os alunos que obtenham classificação final superior ou igual a 17 valores devem realizar prova oral para confirmação da nota. Neste caso, a classificação do aluno será a classificação da prova oral. Caso optem por não realizar a prova oral, ser-lhes-á atribuída a classificação de 16 valores.

Conteúdo

1.       Programas de prospecção. Ensaios de campo e de laboratório..

2.       Caracterização geotécnica. Definição dos valores dos parâmetros de cálculo a partir da análise integrada dos resultados de ensaios de campo e de laboratório.

3.       Caracterização de maciços rochosos.

4.       Verificação da segurança aos Estados Limites Últimos e de Serviço de fundações profundas, estruturas de suporte (incluindo o cálculo de impulsos de terra sísmicos) e de taludes (recorrendo a programas de cálculo automático por equilíbrio limite).

5.       Aspectos geotécnicos relevantes da construção de túneis, barragens de aterro e soluções de melhoria e reforço de terrenos.

6.       Monitorização do comportamento de obras geotécnicas.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: