Processamento e Reciclagem de Polímeros

Objectivos

O principal objectivo da unidade curricular é fornecer aos alunos conhecimentos sobre os diferentes métodos de processamento e de reciclagem de polímeros, respectivos equipamentos e procedimentos. No final da disciplina o aluno deverá ser capaz de escolher o método mais adequado para o fabrico de um dado objecto, e de escolher o procedimento mais adequado a cada caso. Deve ainda ser capaz de escolher o método mais apropriado para valorização de um dado resíduo sólido polimérico e de implementá-lo.

Caracterização geral

Código

10200

Créditos

6.0

Professor responsável

Maria Teresa Varanda Cidade

Horas

Semanais - 5

Totais - 75

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não existem precedências obrigatórias. No entanto, aconselha-se que os alunos tenham frequência das disciplinas Química de Polímeros, Física de Polímeros e Reologia de Materiais.

Bibliografia

“Plastics Engineering”, R.J. Crawford, Pergamon Press, 1987.

Matiéres Plástiques II”, Jean Bost, Technique & Documentation, 1986.

“Tecnologia de Transformação de Plásticos – Texto de Apoio”, M. T. Cidade, FCT/UNL, 1995.

 

“Recycling and Recovery of Plastics” J. Brandrup (Ed.), Hanser Publishers, 1995.

“Polymer, The Environment and Sustainable Development”, A. Azapagia, A. Emsley, I. Hamerton, John Wiley & Sons, 2003.

Método de ensino

Parte I - processamento

Relativamente aos conteúdos teóricos, a exposição da matéria será feita por recursoà projecção de transparências. Estas serão disponibilizadas aos alunos, na página da disciplina. Esta página conterá todos os elementos relativos à disciplina: objectivos, conteúdos programáticos, calendarização dos diferentes tipos de aulas, métodos de avaliação, enunciados de problemas, guiões dos trabalhos práticos, métodos e resultados de avaliação,  bibliografia aconselhada e sumários, para além das já referidas transparências.

Relativamente a problemas, os alunos serão convidados a os resolver previamente, servindo as aulas para correcção e esclarecimentos de dúvidas. No final das aulas de problemas, todos os alunos, independentemente de terem feito, ou não, a resolução prévia dos exercícios propostos, ficarão com a resolução, a qual será feita no quadro, sempre que possível pelos próprios alunos.

Relativamente a conteúdos práticos, será feita uma aula de laboratório, extrusão de fita plástica e haverá uma visita de estudo, na qual os alunos contactarão com diferentes tecnologias, tais como: moldação por injeção, calandragem e termoformação 

Parte II- Reciclagem

Os conteúdos teóricos serão ministrados de modo análogo à parte I. 

Será igualmente feita uma visita de estudo a uma instalação de reciclagem de polímeros e serão estudados, em aula, alguns estudos de caso.

Método de avaliação

A nota final da disciplina é obtida por recurso à fórmula

NF = 70% NT + 30% NP 

com

NT – nota dos testes ou exame

NP - nota dos questionários relativos às aulas práticas e visitas de estudo 

Np – nota atribuída pela participação do(a) aluno(a) nas aulas de resolução de problemas, e que terá em conta não só a nota atribuída pela resolução prévia dos problemas (resolução feita fora do período de aulas, pelo(a) aluno(a)), mas também o número de aulas assistidas e participação durante a própria aula.

Nota: alunos(as) TE não devem ser penalisados por não comparecerem às aulas de problemas (desde que apresentem justificação da entidade patronal para cada um dos dias em que faltaram). Nesse caso terão 10 nesta nota, a menos que venham a algumas aulas e nesse caso ser-lhes-ão contabilizados os resultados dessas aulas

A contabilização da nota NT é feita por recurso a 2 testes ou a exame. As percentagens são de 60% para o 1º teste e 40% para o 2º teste, mantendo-se a mesma percentagem para as matérias do 1º e 2º módulos (processamento e reciclagem), em caso de exame.

Os(as) alunos(as) que obtiverem, como nota de avaliação contínua, um mínimo de 9.5 val serão dispensados(as) de exame. Os que tendo frequência, não obtiverem o mínimo para a dispensa de exame (mínimo de 8 val nos testes e nos questionários), terão acesso ao exame. A frequência é obtida pela média ponderada dos 2 questionários (60/40), tendo como mínimo 9.5 valores.

Notas finais:

Os(as) alunos(as) TE têm de assistir obrigatoriamente às aulas de laboratório e às visitas de estudo

20% de NT pode ser obtida através da exposição oral de um capítulo do programa a realizar pelo(a) aluno(a)

A frequência será atribuída por um período de 2 anos.

Conteúdo

Introdução: Processos contínuos e descontínuos; exemplos de técnicas e objectos finais fabricados por estes dois tipos de processos.

Extrusão (de placas, folhas e filmes, fibras e monofilamentos, extrusão-insuflação; extrusão-revestimento de cabos eléctricos e extrusão-granulação), moldação por injecção, moldação por injecção-sopro, calandragem e termoformação: etapas de processo, equipamentos e procedimentos; materiais e aplicações. Processamento de compósitos incluindo laminados.

Caso particular do processamento de termoendurecíveis: moldação por compressão, transfer e injecção: equipamento, procedimento. Breve referência a outras tecnologias: moldação por injecção e reacção (RIM), moldação por rotação, vazados termoplásticos, revestimentos, , co-injeção, pultrusão, SMC, fabrico de espumas poliméricas.

Valorização dos resíduos poliméricos. Ciclo de vida de um material polimérico; valorização, material, orgânica e térmica de resíduos sólidos.

Reciclagem mecânica: redução, classificação/separação, lavagem descontaminação, secagem, métodos automáticos de descontaminação intensiva, selecção/separação, transformação/aditivação.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: