Espumas e Materiais Celulares

Objectivos

- Conhecer e saber avaliar as características mecânicas e térmicas essenciais das espumas e dos materiais celulares;

- Conhecer e saber avaliar as características mecânicas e térmicas das da cortiça (caso de material celular particularmente importante para a economia portuguesa)

- Conhecer as aplicações mais correntes dos materiais celulares

- Determinar o comportamento mecânico de espumas e materiais celulares específicos em situações reais de utilização

- Realizar ensaios de avaliação das propriedades de espumas e materiais celulares

Caracterização geral

Código

7459

Créditos

6.0

Professor responsável

Alexandre José da Costa Velhinho

Horas

Semanais - 5

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Lorna J. Gibson, Michael J. Ashby, "Cellular Solids: Structure and Properties", Cambridge Solid State Series, 1999 (ISBN 0521499119).

- Apontamentos do Professor.

- Artigos de Revistas Científicas com relevância para as matérias leccionadas.

 

Método de ensino

Consideram-se dois tipos de aulas: teórico/práticas e de laboratório. As aulas teóricas serão dadas com recurso a “data show” e os estudantes têm acesso a cópia das mesmas na página da disciplina na plataforma Moodle. Será igualmente efectuado estudo de casos, recorrendo à análise de artigos científicos. Os trabalhos de laboratório serão realizados pelos próprios estudantes, sob orientação do docente e focam os diferentes tópicos do programa.

Método de avaliação

Frequência na unidade curricular: obtida pela realização dos trabalhos de laboratório e discussão dos respectivos relatórios

Avaliação: realização de exame final.

A nota final obtida corresponde a 50% da nota teórica (exame) e 50% da nota prática (nota de frequência).

Conteúdo

Introdução aos sólidos celulares.

A estrutura dos sólidos celulares.

Propriedades dos sólidos celulares.

Comportamento mecânico das estruturas em ninho de abelha.

Comportamento mecânico de espumas.

Propriedades térmicas, acústicas e eléctricas de materiais celulares.

Absorção de energia por materiais celulares.

Concepção de estruturas laminadas com cerne de espuma.

Materiais celulares naturais (madeira, cortiça, tecido ósseo esponjoso).

Materiais celulares sintéticos (espumas poliméricas, metálicas e cerâmicas; espumas sintácticas)

Elasticidade linear de materiais celulares anisótropos.