Concepção Ergonómica de Sistemas D

Objectivos

Esta unidade curricular incide nos aspectos relacionados com a concepção ergonómica de sistemas de trabalho, tendo por objectivo optimizar a compatibilidade Homem-Sistema, considerando as capacidades e as limitações humanas na interacção com os sistemas de trabalho. Os conhecimentos transmitidos têm por objectivo proporcionar aos alunos metodologias orientadas para que os sistemas de trabalho sejam concebidos de modo a minimizar o erro humano, a fadiga e o stresse dos trabalhadores e a melhorar a facilidade de uso, a eficácia dos sistemas utilizados pelas pessoas e a produtividade, zelando pelas condições de saúde e segurança, bem como do conforto e da satisfação no trabalho.

Caracterização geral

Código

9721

Créditos

6.0

Professor responsável

Ana Teresa Martins Videira Gabriel, Isabel Maria Nascimento Lopes Nunes

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 42

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Nenhum requisito.

Bibliografia

Norman D. A. The Design of Everyday Things, The MIT Press, 1998

Nielsen J. Usability Engineering, Acad Press, 1993

Tullis T.&Albert B. Measuring the user experience, Elsevier, 2008

Nielsen J.&Budiu R. Mobile Usability, New Riders, 2013

Nunes, I. L. A importância da avaliação ...O caso da exposição à vibração , in 3ª Jornadas Técnicas de Engenharia Logística Militar, EME, 2005

Bonney R. Human responses to vibration: principles and methods in Evaluation of Human Work, J. Wilson &E. Corlett (eds), Taylor & Francis, 1995

DL nº 46/2006, de 24/2, Prescrições mínimas ... agentes físicos (vibrações)

Kompier M. &Levi L.O stress no trabalho: causas, efeitos e prevenção. Guia para PME. FEMCVT, Dublin, 1995

Park K.S. Human Error in Handbook of Human Factors and Ergonomics. G. Salvendy (ed). J.Wiley & Sons, 1997

Método de ensino

Os métodos de ensino são diversificados e adaptados ao número de alunos inscritos, envolvendo exposição oral por parte do docente (aulas e/ou sessões tutoriais), discussão com os alunos e resolução de casos de estudo.

Método de avaliação

A avaliação tem carácter contínuo sendo realizada através de um trabalho individual que explore um tema da matéria pertinente para o projeto de investigação do aluno. Este trabalho tem também por objectivo, contribuir para a “revisão da literatura” da tese de doutoramento do aluno.

O trabalho deve ser redigido sob a forma de paper e o aluno deve fazer a sua apresentação e discussão oral. 

Conteúdo

1 Concepção de Sistemas de trabalho com computadores. Requisitos ergonómicos. Legislação. Componentes e sua disposição no posto de trabalho. Problemas de saúde relacionados. Stress. Novos HCI: touchscreens.

2 Concepção de Interfaces.  Interacção Homem-sistema. Desenvolvimento centrado nos utilizadores de interfaces. Princípios da Usabilidade. Prototipagem. Métodos de avaliação da usabilidade.

3 Concepção de Sistemas de Trabalho sujeitos a vibração (do sistema mão-braço e do corpo inteiro).  Caracterização. Lesões associadas a exposição à vibração. Medição e avaliação da exposição. O caso da concepção e utilização das ferramentas manuais motorizadas. O caso dos postos de trabalho de condução profissional.

4 Concepção de Sistemas de Trabalho apoiado numa ferramenta de modelação Human-CAD. Vantagens. Apresentação do sistema SAMMIE. Caracterização das suas principais funcionalidades.

5 Concepção de Sistemas de Trabalho e erro humano. Fiabilidade Humana. Metodologia de avaliação.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: