Historiografia

Objectivos

No final desta unidade curricular, o estudante deverá ter adquirido conhecimentos, aptidões e competências que, numa perspectiva crítica, lhe permitam  avaliar textos e livros no âmbito da historiografia da ciência, da tecnologia e da medicina. Deverão ainda saber manusear  e refletir sobre a utilidade e limitações de IGNOREes primárias utilizadas na elaboração de textos nestes domínios do saber. 

Promover  uma atitude crítica  promotora de maturidade intelectual.

Fundamentar e construir argumentos de forma estruturada, coerente e concisa.

Apresentar oralmente  artigos e projetos de uma forma estruturada, aliciante e respeitando o tempo disponível para a tarefa. 

Aquisição e compreensão:

Compreenderão o objecto da historiografia;

Saberão perspectivar os principais passos da evolução da  historiografia da ciência e áreas afins;

Saberão avaliar a complexidade e diversidade de problemas historiográficos suscitados pela história da ciência, da tecnologia e da medicina;

Saberão utilizar IGNOREes primárias e outras  ferramentas e métodos da análise histórica;

Saberão algumas das relações da história da ciência com outros domínios do saber;

Terão sido introduzidos aos debates atuais no seio da historiografia da ciência.

Aplicação:

Promover  uma atitude crítica  promotora de maturidade intelectual.

Fundamentar e construir argumentos de forma estruturada, coerente e concisa.

Apresentar oralmente  artigos e projetos de uma forma estruturada, aliciante e respeitando o tempo disponível para a tarefa.

Caracterização geral

Código

9921

Créditos

6.0

Professor responsável

Palmira de Jesus Fontes da Costa

Horas

Semanais - 6

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Arne Hessenbruch, ed. Reader''''''''''''''''s Guide to the History of Science. (Chicago: Fitzroy Dearbor Publishers, 2000);

 Cohen, H. Floris, The Scientific Revolution: A Historiographical Inquiry (Chicago and London: The University of Chicago Press, 1994);

 Doel,  Roald E., Thomas Soderqvist, The Historiography of Contemporary Science, Technology , and Medicine: Writing Recent Science (Routledge, 2006);

 Gavrolu,Kostas,  O Passado das Ciências como História (Porto: Porto Editora, 2007);

 Iggers, Georg G., Historiography in the Twentieth Century. From Scientific Objectivity to the Postmodern Challenge, with a New Epilogue (Middletwon, Weleyan University Press, 2005);

 Shortland, Michael and Richard Yeo (eds.), Telling Lives in Science. Essays on Scientific Biography (Cambridge: Cambridge University Press, 1996);

 Soderqvist,T.,  ed., The Historiography of Contemporary science and technology (UK: Harwood academic publishers, 1996).

Método de ensino

Apresentação, pela docente, das várias temáticas e abordagens relevantes para a disciplina;

Discussão de artigos críticos no âmbito do desenvolvimento da disciplina;

Elaboração de pequenos ensaios sobre tarefas específicas no âmbito da historiografia da ciência e da tecnologia e da medicina.

Método de avaliação

/seminários. Apresentação de um artigo;  moderação do debate de um artigo;   Recensão crítica (“article review”) de um artigo  sobre história da ciência ou da tecnologia; participação nas aulas e nas actividades semanais sugeridas pela docente.

Conteúdo

1.  O objecto da historiografia; as especificidades da historiografia da ciência e da tecnologia.

 2.  O passado da História das Ciências

A história das ciências como fiel descrição dos factos: Paul Tannery, Pierre Duhem  e Georges Sarton; As  primeiras abordagens sociológicas: Merton, Zilsel, Hessen, Bernal;A história das ciências como história das ideias: Alexandre Koyré; Os primeiros  trabalhos sobre história  da ciência em Portugal; Os primeiros passos na institucionalização da história das ciências.

 3. A organização institucional da disciplina hoje em dia

Departamentos, sociedades e academias, periódicos; congressos, etc.; Os seus profissionais: formação, carreiras, avaliação; A história da ciência em Portugal.

 4. Os grandes debates historiográficos

O debate sobre o anacronismo e o presentismo; O debate sobre o internalismo versus externalismo; O anacronismo e o internalismo e as histórias de ciência de cientistas. Thomas Kuhn e o debate sobre continuismo versus descontinuismo.

5. A história das ciências e as abordagens sociológicas

6. A história das ciências no contexto da história cultural

7. A história das ciências e história do livro e das representações visuais

8. A história das ciências e os estudos de género

9. O reaparecimento das grandes narrativas e das biografias

10. A história das ciências e popularização do conhecimento científico. A questão centro-periferia.

11. A investigação e a escrita em História das Ciências

Periodização; IGNOREes e materiais primários e secundários; IGNOREes públicas e privadas; cultura textual e cultura material; Recursos bibliográficos; Como escrever um artigo em história das ciências; Como preparar um projecto de pesquisa em história das ciências.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: