Técnicas Biomoleculares I

Objectivos

Pretende-se que os alunos adquiram competências na componente laboratorial nas diferentes áreas da Bioquímica. Nesta unidade curricular os alunos irão integrar as equipas de investigação lideradas pelos docentes e investigadores do Departamento de Química (ou outros departmanentos) da FCT/UNL em regime de rotações laboratoriais. Ao longo do semestre os alunos realizarão 2 rotações (4 dias durante 4 semanas por cada rotação, num total de 24 h/rotação). Em cada laboratório os alunos contactarão com os investigadores e aprenderão as técnicas mais usadas pelo grupo nos diferentes sistemas biológicos. Esta abordagem permitirá dotar os alunos com um conhecimento mais vasto das múltiplas técnicas usadas em Bioquímica, num ambiente de investigação.

Tendo em conta o carácter experimental desta unidade curricular é um objectivo promover os princípios de integridade científica e académica, nomeadamente: honestidade, confiança, responsabilidade, objectividade, imparcialidade e independência, abertura e acessibilidade.

Pretende-se que no final desta unidade curricular, os estudantes tenham:

  • adquirido competências nas diferentes técnicas/métodos usados no estudo de sistemas biológicos. As rotações permitirão a integração em equipas de investigação facultando o desenvolvimento de estratégias e abordagens não adquiridas na execução de um protocolo pré-estabelecido e optimizado nas aulas práticas clássicas
  • desenvolvido um espírito 
  • desenvolvido competências na pesquisa e ne escrita científica de um modo crítico, sucinto e rigoroso
  • melhorado a sua capacidade de comunicação oral.

Caracterização geral

Código

10825

Créditos

6.0

Professor responsável

Maria João Lobo de Reis Madeira Crispim Romão

Horas

Semanais - 5

Totais - 60

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

A bibliografia recomendada pelos orientadores de cada rotação

Método de ensino

Os alunos terão que realizar 2 rotações de 1 dia durante 4 semanas em laboratórios de investigação (num toal de 24 h /rotação) do Departamento de Química ou de outros departamentos da FCT, dando-se ênfase não só aos conceitos teóricos mas em especial à componente prática de cada técnica. Particular atenção será dada ao desenvolvimento de um espírito crítico na aplicação das metodologias, bem como na análise e interpretação dos resultados experimentais.

Pretende-se que os alunos tenham contacto com um vasto número de técnicas em ambientes de investigação distintos, com aplicação a diferentes sistemas biológicos.

Método de avaliação

A avaliação será contínua e no final de cada rotação os professores terão que preencher uma ficha de avaliação do aluno fornecida pelo responsável da unidade curricular. Serão contemplados vários parâmetros, nomeadamente, o esforço despendido pelo aluno, a capacidade de execução experimental, conhecimento adquirido, capacidade de comunicação e trabalho em equipa, criatividade e espírito de iniciativa ou maturidade.

Criterios de avaliação
1. Para obter “frequência"
  • Comparência obrigatória as f 4 x 6 h por cada rotação
A.   pontualidade, capacidade experimental, interesse e progresso na aprendizagem 
B.   Trabalho escrito, individual acerca de um dos temas das rotações (3 páginas max)
C.   Apresentação oral  (10 min) do tema escolhido para o trabalho escrito
 
 
 
NOTA FINAL

50% A (25% cada rotação) + 25% B + 25 % C 

  • A aprovação da disciplina requer uma nota final de ≥ a 9.5/20

Conteúdo

Tendo em conta o objectivo da unidade curricular, os alunos terão oportunidade de realizar trabalho experimental nas diferentes áreas da Bioquímica, desde a Biologia Molecular, à Biofísica. Ao longo das 2 rotações laboratoriais aplicarão as técnicas usadas no isolamento e purificação de biomoléculas e na sua caracterização Bioquímica, Biofísica, cinética, espectroscópica e estrutural. Os alunos terão ainda que realizar um trabalho escrito, na forma de manuscripto científico, num tema ou sistema onde  a aplicação de uma das técnicas abordadas tenha sido determinante no estudo do mesmo.

Pretende-se que no final desta unidade curricular, os estudantes tenham:

  • adquirido competências nas diferentes técnicas/métodos usados no estudo de sistemas biológicos. As rotações permitirão a integração em equipas de investigação facultando o desenvolvimento de estratégias e abordagens não adquiridas na execução de um protocolo pré-estabelecido e optimizado nas aulas práticas clássicas
  • desenvolvido competências na pesquisa e ne escrita científica de um modo crítico, sucinto e rigoroso
  • melhorado a sua capacidade de comunicação oral.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: