Bioquímica

Objectivos

Fornecer os conhecimentos básicos para a compreensão adequada dos processos bioquímicos e biológicos, nomeadamente em termos da compartimentação, regulação e funcionamento das vias metabólicas centrais.

Caracterização geral

Código

10697

Créditos

6.0

Professor responsável

Carlos Alberto Gomes Salgueiro

Horas

Semanais - 4

Totais - 58

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Principal bibliografia recomendada:

LEHNINGER PRINCIPLES OF BIOCHEMISTRY
Nelson, D.L., & Cox, M.M.
W.H. Freeman and Company, San Francisco, 5th ed. 2008

PRINCIPLES OF BIOCHEMISTRY
Voet, D., Voet, J.G. & Pratt, C.W.
John Wiley & Sons, Inc., New York, 4th ed. 2012

BIOCHEMISTRY
Lubert Stryer
W. H. Freeman and Company, San Francisco. 7th Ed. 2012.

 

Método de ensino

Aulas teóricas (2h , 14 semanas) e teórico-práticas  (3h, 5 semanas letivas), com auxílio de diapositivos em Powerpoint; as aulas integram a lecionação do programa e a discussão e resolução de questões e problemas no âmbito  da disciplina. Sessões práticas de laboratório (3h, 5 semanas letivas) em grupos de 3 a 4 alun

Método de avaliação

I. Condições gerais de participação, frequência e avaliação da UC 

1. A UC de Bioquímica integra:
- aulas teóricas (duas horas por semana);
- aulas teórico-práticas (cinco sessões de 3h)
- aulas práticas de laboratório (cinco sessões de 3h)

2. A presença em todas as aulas práticas de laboratório é obrigatória.

3. O processo de avaliação inclui avaliações da parte teórica e prática da unidade curricular (UC). 

4. Estão excluídos da avaliação da parte teórica da UC os alunos que não tenham obtido frequência na parte prática da UC.

5. Não se prevê qualquer sessão de repetição extraordinária de trabalhos práticos de laboratório. 

6. Se um aluno obtiver frequência da parte prática mas não tiver tido aprovação na parte teórica da UC, é-lhe conferida a frequência da parte prática da UC nos anos letivos subsequentes. 

II. Obtenção de frequência 

7. A frequência da parte prática da UC consiste na realização, em grupos até 3 alunos, de trabalhos práticos de laboratório, na preparação desses trabalhos e na elaboração dos respetivos questionários.

8. A avaliação contínua da parte prática da UC contempla:
- Capacidade de execução dos trabalhos práticos no laboratório e apreciação pelo docente responsável durante a aula prática.
- Assiduidade e cumprimento de prazos.
- Entrega da análise de resultados e dos respetivos questionários.

9. Os questionários dos trabalhos práticos são da responsabilidade do grupo. Se for detetado qualquer plágio num questionário, nomeadamente sobre outros questionários da UC, será negada a frequência a todos os membros do grupo. 

III. Avaliação das partes teórica e prática da UC

10.A avaliação contínua da UC consiste na execução de três testes (dois teóricos e um prático)

11. A média dos notas dos testes teóricos (não arredondada) contribuem com 80% da nota total. Para obter aproveitamento, à disciplina a nota teórica tem de ser maior ou igual a 9,5 valores. Os restantes 20% da nota total correspondem à nota do teste prático (não arredondada). O teste prático consistirá em questões relativas aos trabalhos práticos efetuados em laboratório no corrente ano letivo. Não existe nota mínima para a componente prática. A nota prática obtida em anos lectivos anteriores é válida para o corrente ano.

12. O exame inclui apenas a matéria teórica e contrinbui com 80% da nota final. Os outros 20% correspondem à nota obtida no teste prático. Para obter aproveitamento, a classificação neste exame terá de ser igual ou superior a 9.5. 

13. Os alunos com aproveitamento na avaliação contínua (testes) podem apresentar-se para melhoria de nota no exame. Para tal, deverão seguir as normas vigentes. Também neste caso o exame contribui com 80% da nota final. Os outros 20% correspondem à nota obtida no teste prático. 

IV. Aproveitamento e Classificação final


14. Apenas aos alunos com frequência na UC será atribuída uma nota final.


15. Será aprovado na UC o aluno que tenha uma classificação final igual ou superior a 9.5.

Conteúdo

1. Macromoléculas - Proteínas fibrosas e globulares. 

2. Métodos de separação e caracterização de proteínas. 

3. Exemplos de correlação estrutura-função em proteínas. 

4. Tópicos de enzimologia. 

5. Membranas biológicas. Tópicos de transporte biológico.

6. Metabolismo. Características gerais do metabolismo. Bioenergética.  Glicólise e gluconeogénese. Fermentações. Ciclo dos ácidos tricarboxílicos. Transferência eletrónica mitocondrial e fosforilação oxidativa. 

Sessões práticas de laboratório


1. Quantificação de proteína por espectroscopia de visível.

2. Separação de proteínas por cromatografia em coluna: Separação da hemoglobina e do ferricianeto de potássio por cromatografia de exclusão molecular. Observação das diferentes formas da hemoglobina.

3. Separação de proteínas por cromatografia em coluna: Separação das proteínas catalase e citocromo c por cromatografia de permuta iónica.

4. Caracterização da enzima β-glucosidase produzida pelo fungo Penicillium glandicola

5. Determinação do potencial formal de oxidação-redução do citocromo c.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: