Espectroscopia em Bioquímica

Objectivos

Esta unidade curricular tem por objectivo proporcionar um entendimento  abrangente das técnicas espectroscópicas utilizadas em bioquímica. Na continuação das matérias lecionadas em cadeiras anteriores (área da Química-Física), vem fornecer informação complementar de técnicas espectroscópicas que contribuíram significativamente para o avanço do conhecimento na área de ciências biológicas. 

Caracterização geral

Código

10721

Créditos

6.0

Professor responsável

Pedro António de Brito Tavares

Horas

Semanais - 4

Totais - 55

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Radiation in Bioanalysis: Spectroscopic Techniques and Theoretical Methods
Alice S. Pereira, Pedro Tavares, Paulo Limão-Vieira
Springer-Nature, Springer Bioanalysis series (16 Nov 2019)

Fundamentals of Molecular Spectroscopy
P.S. Sindhu
New Age International Pvt Ltd Publishers (30 Jan 2011)

Electron Paramagnetic Resonance: Elementary Theory and Practical Applications
John A. Weil and James R. Bolton
Wiley-Blackwell; 2nd Edition edition (22 Dec 2006)

Spectroscopy for the Biological Sciences
Gordon G. Hammes
Wiley-Blackwell (22 July 2005)

Método de ensino

Os conteúdos programáticos serão expostos através de dois tipos aulas:

  1. Aulas teórico-práticas, com abordagem aos fundamentos das técnicas espectroscópicas estudadas, com recurso a casos práticos sempre que tal seja possível e com a resolução de problemas cujo objectivo é treinar a análise de dados por modo a facilitar a compreensão de como obter a informação disponível de cada uma das técnicas abordadas;
  2. Aulas práticas, nas quais serão dados temas aos alunos para o desenvolvimento de trabalhos práticos relacionados com as espectroscopias abordadas.

Será ainda pedido que os alunos façam um relatório do trabalho efectuado bem como uma proposta de trabalho inserida nas temáticas estudadas.

Método de avaliação

A avaliação continua terá em consideração a frequência das aulas práticas e as componentes prática e teórica:

Frequência: 

Para obter frequência os alunos terão de frequentar todas as sessões práticas. A obtenção de frequência é necessária para completar com sucesso a disciplina.

Componente teórica (CT):

A avaliação da componente teórica consiste em dois testes que incidem sobre toda a matéria lecionada (em aulas de qualquer tipologia). O cálculo da classificação desta componente é efetuado através da média aritmética simples das classificações obtidas nos testes, sendo arredondada à décima de valor. É requerido um mínimo de 9,5 valores nesta componente.

Componente prática (CP):

A avaliação da componente prática consiste na preparação e realização do protocolo experimental e de da execução de um questionário no final de cada aula prática. O cálculo da classificação desta componente é efetuado através da percentagem de sucesso nas respostas dadas ao questionário e de acordo com a seguinte fórmula:

CP = %sucesso x 2

O valor obtido é arredondado à décima de valor. É requerido um mínimo de 9,5 valores nesta componente.

Classificação final (CF):

A classificação final é calculada com base na média aritmética ponderada das componentes CT (0,80) e CP (0,20). Todos os cálculos intermédios serão arredondados à décima de valor, sendo o valor da classificação final arredondado à unidade.

No caso de alunos que tenham obtido frequência em anos anteriores a 2016/2017, a sua classificação final será dada apenas pela CT. 

Os alunos podem ainda obter aprovação através do Exame de Recurso. Neste caso a classificação do exame de recurso substitui a CT.

 

Melhoria de classificações

Sem prejuízo do regulamento da FCT NOVA, só se pode tentar melhorar a classificação final da disciplina uma única vez. Esta melhoria poderá ser efetuada em exame de recurso, sendo que neste caso a classificação obtida substitui a CT.

Caso a tentativa de melhoria da classificação final seja efetuada noutro tipo de exame, a classificação obtida será igual à classificação final. 

  
ATENÇÃO: 
Em qualquer caso, o regente da disciplina reserva-se o direito de efetuar um exame oral a qualquer aluno inscrito à disciplina.

Conteúdo

Absorção electronica. Espectros de UV em proteínas. Espectros de ácidos nucleicos. Grupos prostéticos. Absorção vibracional. Espectroscopia de infravermelho. Equipamento utilizado em espectroscopias de absorção. Casos de Estudo.

Dicroismo circular e linear. Dispersão óptica rotatória (ORD), Dicroismo circular (CD), Dicroismo linear. Equipamento utilizado em CD e ORD. CD e ORD e a estrutura macromolecular de proteínas. Utilização de CD e ORD no estudo de ácidos nucleicos.  Casos de Estudo

Espectroscopia de fluorescência e fosforescência. Transferência Ressonante de Energia de Fluorescência e aplicações em sistemas biológicos. Equipamento utilizado em espectroscopia de emissão. Casos de estudo

Dispersão em soluções de macromoléculas. Dispersão de luz. Dispersão dinâmica de luz. Equipamento utilizado em medidas de dispersão. Casos de estudo.

Espectroscopia de Ressonância Paramagnética Electrónica (EPR). Princípios básicos. Procedimentos para estudar centros paramagnéticos. Interacções hiperfinas. Sistemas com mais do que um electrão desemparelhado. Equipamento utilizado em medidas de EPR.  Casos de estudo

 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: