Iniciação à Dissertação

Objectivos

Preparar o aluno para a disciplina de dissertação proporcionando a escolha de um tema de investigação para a sua dissertação e dando a oportunidade de a organizar nomeadamente através da recolha de bibliografia e a tomada de outras acções julgadas convenientes.

Caracterização geral

Código

10425

Créditos

3.0

Professor responsável

Daniela da Silva Nunes Gomes, Rodrigo Ferrão de Paiva Martins

Horas

Semanais - 2

Totais - 40

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Estar em condições de iniciar o projeto de tese, o que significa ter o número suficiente de créditos adquiridos, nomeadamente ter completado com sucesso a licenciatura (1º ciclo de Bolonha) e ter as disciplinas nucleares de suporte ao trabalho de tese do 2º ciclo de Bolonha e referentes aos 5º, 6º, 7º e 8º semestre concluídas (obrigatórias e de opção).

Bibliografia

A adequada em função do tópico de dissertação selecionado.

Elementos comuns: manuais de utilização dos equipamentos de caracterização existentes no DCM, CENIMAT, CEMOP; ferramentas de simulação (SILVACO, PSPICE), ferramentas de pesquisa bibliográfica (end note, plataforma da web of science)

https://aquila.iseg.utl.pt/aquila/getFile.do?method=getFile&fileId=405463

http://www.unl.pt/guia/2013/fct/UNLGI_getUC?uc=10425

http://www.phrasebank.manchester.ac.uk/dissertations.htm

Método de ensino

Os alunos são avaliados em função de trabalhos que lhes são solicitados, distribuídos ao longo do semestre e sob orientação tutorial, com participação do supervisor. Esses trabalhos têm pesos diferentes.

A frequência e aprovação à disciplina é obtida através da presença nas aulas (pelo menos 90% das mesmas) e a apresentação de relatórios, cuja média terá de ser igual ou superior a 9,5 valores.

Método de avaliação

T1, Apresentação escrita do estado da arte de suporte à dissertação (mínimo 5  páginas, máximo, 10 páginas, contendo no máximo 5 figuras) (peso 2). Trabalho a  apresentar até 07/10/2019.
T2, Descrição das técnicas de produção e caracterização que irão utilizar e que para o efeito  tiveram formação (peso 2). 2 técnicas de produção e 2 técnicas de caracterização (11/11/2019).
T3, Apresentação oral do estado da arte e das técnicas a utilizar na dissertação (peso 1).
T4, Apresentação escrita de um artigo científico (letter) para uma revista científica,  associada ao tópico da dissertação do mestrado, onde se pretende que o aluno saiba  usar ferramentas para inserção automática de referências, secções a considerar e  forma de as definir (peso 3) - 06/12/2019
T5, Simulação de apresentação oral do artigo científico (letter) (peso 2) A discutir de  finais de Dezembro até época prevista para o exame da disciplina. Dias 09 e 16 de Dezembro de 2019.
T6, Apresentação escrita relacionada com a aula de Origin (peso 1)
T7, Apresentação escrita relacionada com a aula de Word (peso 1)

 

(2T1+2T2+1T3+3T4+2T5+1T6+1T7)/12

Conteúdo

Pesquisa em base de dados; utilização de ferramentas para inserção automática de bibliografia; princípios básicos a seguir na planificação de um artigo científico; metodologia a seguir na feitura de ppt para apresentação publica de resultados;  modo de planificação da estrutura de tese (sistema de unidades, nomenclatura e abreviações a seguir; secções a considerar; enquadramento das experimentações a realizar e uso de eventuais ferramentas para simulação e validação de resultados; técnicas de caracterização a selecionar e explorar); metodologia a seguir na revisão do estado da arte; formas de exposição oral de trabalhos de índole científica e/ou técnica.

A componente do programa associada à revisão bibliográfica sobre um tema de dissertação e  introdução ao trabalho experimental de dissertação requer a intervenção do 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: