Tecnologias Agroindustriais

Objetivos educativos

O quadro regulamentar dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, devidamente alinhado com a Estratégia Europa 2020, pretende o reforço da investigação, do desenvolvimento tecnológico e da inovação, perspetivando o incremento de índices de qualidade e competitividade sustentável no sistema agroindustrial. Neste enquadramento, este Programa Doutoral considera os itinerários seguidos pelos produtos associados, assim como os agentes que intervêm sobre eles (empresas privadas e operadores públicos), a par do conjunto de operações unitárias inerentes à produção e transformação tecnológica. Paralelamente este Programa Doutoral considera ainda o funcionamento dos organismos de regulação nacionais e supranacionais que intervêm nas diferentes etapas da cadeia alimentar, nos mercados públicos e nas associações ligadas à produção e transformação de matérias-primas alimentares.

O Programa Doutoral em “Tecnologias Agroindustriais” está projetado para o desenvolvimento de cadeias de valor agroalimentar acrescido, adequando as atividades de caráter tecnológico e científico aos sistemas de produção, transformação e comercialização, de acordo com exigências do mercado. Assim, este Programa Doutoral, que poderá decorrer em associação com empresas do setor alimentar, não tem apenas por objetivo a aquisição de competências visando ganhos de escala, mas também ganhos de gama, que deverão passar pela concretização de transformações de caráter qualitativo e diferenciador da produção / transformação e pela respetiva valorização comercial junto do consumidor em termos de benefícios para a saúde.

Pretende-se assim a formação de investigadores com qualificação elevada e competência para realizar e desenvolver projetos de investigação e desenvolvimento em autonomia, em setores de atividade económica e social e/ou em ambiente universitário.

As competências a adquirir pelos doutorandos são:

  1. Dominar o estado da arte das tecnologias com aplicação sustentável na Agroindústria, incluindo aspetos na fronteira do conhecimento, de modo a desenvolver atividade profissional adequada à produção de matérias-primas alimentares;
  2. Analisar a complexidade dos sistemas agroindustriais, demonstrando capacidade crítica, empreendedora e criativa na reformulação dos produtos alimentares;
  3. Compreender as diferentes facetas de um sistema de transformação agroindustrial adequado à conceção de novos produtos alimentares, bem como o contexto social em que o sistema se insere;
  4. Comunicar e interagir em equipa, com intervenção nos processos produtivos das indústrias agroalimentares, procurando a otimização de processos e tendo consciência das responsabilidades e obrigações éticas e profissionais.

Caracterização geral

Código

977

Ciclo

Doutoramento (3.º Ciclo)

Grau

Doutor

Acesso a outros cursos

A disponibilizar brevemente

Coordenador

Fernando José Cebola Lidon

Data de abertura

Outubro

Número de vagas

A disponibilizar brevemente

Propinas

A disponibilizar brevemente

Horários

Depende da modalidade de funcionamento de cada unidade lectiva. O funcionamento será acordado com cada aluno de doutoramento, ou quando o seu número exceda 10 num ano lectivo, será acordado com o conjunto de alunos do programa.

 

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 3 anos

Créditos totais: 180 ECTS

Áreas científicas obrigatórias

Área científica Sigla Créditos (ECTS)
Obrigatórios Optativos
Tecnologias Agroindustriais TAI 174 -
Competências Transversais CT - 6
TOTAL 174 6

Condições de acesso

A disponibilizar brevemente

Regras de avaliação

A disponibilizar brevemente

Estrutura

1.º Ano
Código Nome ECTS
11873 Tese em Tecnologias Agroindustriais 150.0
1.º Semestre
Código Nome ECTS
11861 Projeto de Tese 18.0
11864 Tecnologias de Produção e Processamento de Alimentos 9.0