Projeto II

Objectivos

GERAIS

  • Em conjunto com a disciplina de Projecto I, proporcionar aos alunos uma visão integrada das várias fases e actividades que englobam o projecto de uma nova unidade de produção da indústria química/ bioquímica e o domínio de algumas das metodologias e competências básicas utilizadas/necessárias a cada fase do desenvolvimento do projecto, desde a análise de mercado e selecção da tecnologia de fabrico (Projecto I) ao projecto de engenharia e avaliação económica (Projecto II).
  • Capacitar os alunos para integrarem equipas de projecto de novas fábricas, familiarizando-os alunos com o papel que um engenheiro químico/ bioquímico poderá desempenhar em cada uma das fases de um projecto.

ESPECÍFICOS

  • Desenvolvimento do projecto de engenharia de uma nova fábrica da indústria química/ bioquímica - essencialmente ao nível da engenharia básica e, em parte, ao nível da engenharia de detalhe, com base numa tecnologia de fabrico utilizada industrialmente e selecionada em Projecto I.

Caracterização geral

Código

10689

Créditos

18.0

Professor responsável

João Alexandre Miranda da Silva Reis, Mário Fernando José Eusébio

Horas

Semanais - 5

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

  • Ter concluído com sucesso a disciplina de Projecto I.
  • Conhecimentos de química inorgânica, química orgânica, fenómenos de transferência, balanços mássicos e de energia, síntese e optimização de processos, instrumentação e controlo, operações unitárias de tecnologia química e engenharia das reacções.

Bibliografia

 Estimativa do Investimento e Avaliação Económica, 1ª edição, Dezembro de 2013, João Miranda Reis

 Notas de apoio ao trabalho de Projecto II, 1ª edição, Outubro de 2014, João Miranda Reis

 Pikulik, A. and H. E. Diaz, "Cost Estimating for Major Process Equipment,” Chem. Eng. 84 no. 21 (1977): 106.

 Peters, M. S. and K. D. Timmerhaus, Plant Design and Economics for Chemical Engineers, 4th ed. (New York: McGraw-Hill, 1991).

 Perry, R. H., D. W. Green, and J. O. Maloney, eds., Chemical Engineers Handbook, 7th ed. (New York: McGraw-Hill, 1997).

Coulson, Chem Eng. Vol 6 - Butterworth

Warren L.Mc Cabe- Unit Operations of Chem. Eng., Mc Graw

Alain Chauvel, Manual of Econ. Anal. Of Chem Proc.- Institut Français du Petrole

Método de ensino

Aulas teóricas e teórico-práticas.

Aulas tutoriais para acompanhamento do trabalho de cada grupo (normalmente 4 alunos) e para o esclarecimento das questões específicas que surjam no trabalho de cada grupo.

Método de avaliação

A avaliação de PPROJECTO II será realizada sobre o trabalho individual de cada aluno ao longo do semestre, sobre o Relatório elaborado por cada grupo e sobre a o desempenho de cada aluno na discussão do Relatório.
A nota final de cada aluno resultará da ponderação de duas componentes conforme indicado em seguida.
1)   Nota atribuída pelo Professor orientador do trabalho - peso de 60% na nota final.
Esta nota corresponde à avaliação contínua do desempenho de cada elemento do grupo ao longo do semestre, em aspectos tais como:
  • Aplicação eficaz dos conhecimentos adquiridos em cadeiras anteriores, bem como dos novos conceitos leccionados na disciplina;
  • Domínio das matérias envolvidas na resolução de problemas;
  • Contribuição para o trabalho realizado pelo grupo;
  • Proactividade e empenho na resolução de problemas;
  • Capacidade de análise e de síntese;
  • Aproveitamento eficaz das orientações do docente;
  • Qualidade do relatório apresentado;
  • Apresentação e discussão do relatório no final do semestre.
2)   Nota atribuída pelo Professor responsável da disciplina - peso de 40% na nota final.
Esta nota resultará da avaliação dos alunos nos seguintes aspectos:
  • Apresentação do relatório focada nos aspectos relevantes do trabalho realizado;
  • Desempenho na discussão individual de questões sobre o relatório;
  • Entendimento dos factores-chave em cada capítulo da matéria;
  • Pensamento estruturado;
  • Qualidade do relatório apresentado, por comparação com os relatórios dos restantes grupos.
Durante o semestre e no final do semestre será solicitada aos alunos de cada Grupo uma avaliação de todos os elementos do seu grupo (avaliação de pares). Esta avaliação não terá qualquer efeito na avaliação final, servindo apenas para identificar eventuais dificuldades de alguns elementos do grupo em contribuírem eficazmente para o trabalho do grupo, que o próprio docente ainda não tenha detectado e que careçam de correcção.

Conteúdo

Projecto de engenharia da fábrica com base na tecnologia de fabrico selecionada em Projecto I, incluindo as seguintes actividades principais:

  • Balanços mássicos e energéticos
  • Optimização energética
  • Dimensionamento do equipamento principal (excluindo a produção e distribuição de utilidades)
  • Dimensionamento das tubagens e bombas
  • Elaboração de folhas de especificação dos equipamentos
  • Cálculo do consumo de utilidades necessárias à operação da fábrica
  • Elaboração do flowsheet da fábrica
  • Definição da instrumentação e anéis de controlo necessários ao controlo da fábrica
  • Elaboração dos P&I – diagramas de tubagem e instrumentação
  • Definição da planta de implantação da fábrica

Análise da viabilidade económico-financeira do projecto e da respectiva rentabilidade esperada, incluindo as seguintes actividades principais:

  • Estimativa do investimento fixo
  • Calendarização da execução do investimento
  • Estimativa do capital circulante
  • Estimativa do custo de produção;
  • Contas de exploração previsionais
  • Cálculo do VAL, TIR, breakeven point, rentabilidade das vendas, tempo de recuperação do capital e outras métricas de análise de rentabilidade do investimento
  • Identificação dos parâmetros críticos para a rentabilidade do investimento e análise de sensibilidade da rentabilidade à sua variação, concluindo com o grau de risco do projecto em função desta análise.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: