Bioquímica Clínica

Objectivos

- Adquirir conhecimentos e competências na área da Bioquímica Clínica.

- Conhecer os aspectos básicos do controlo de qualidade nesta área.

- Compreender os processos metabólicos e patologias associadas.

- Conhecer os métodos analíticos utilizados na determinação quantitativa e/ou qualitativa de moléculas associadas a disfunções metabólicas.

- Saber interpretar análises bioquímicas e conhecer as terapias adequadas.

- Pesquisar e interpretar criticamente a literatura científica.

Caracterização geral

Código

10783

Créditos

6.0

Professor responsável

José Ricardo Ramos Franco Tavares

Horas

Semanais - 5

Totais - 92

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

- William J. Marshall, Marta Lapsley, Ruth M. Ayling Clinical Biochemistry: Metabolic and Clinical aspects 3th Edition, Churchill Livingstone Elsevier, 2014

- R. Swaminathan Handbook of Clinical Biochemistry, Oxford University Press, 2004.

- Thomas Devlin. Textbook of Biochemistry with Clinical Correlations. 6th Edition, Wiley-Liss, 2006.

- Allan Gaw, Michael J. Murphy, Robert A. Cowan, Denis St. J. O''Reilly, Michael J. Stewart, James Shepherd. Clinical Biochemistry: An Illustrated Colour Text. 4th Edition, Churchill Livingstone Elsevier, 2008.

Método de ensino

A disponibilizar brevemente

Método de avaliação

Dois Testes – cada um valendo 30% da nota final da UC:
1º Teste – Abordando a matéria lecionada pelos docentes: Laboratório; Rins; Eletrólitos; Ácido-base; Proteínas e Fígado
2º Teste – Abordando a matéria apresentada nos cinco Seminários por especialistas.

Para ter aproveitamento à UC é obrigatória uma nota igual ou superior a 9,5 valores na média dos dois testes, não havendo nota mínima em cada teste. A ausência ao teste implica uma nota de zero valores.

Exame de Recurso: Só para estudantes reprovados, ou que queiram melhorar nota (mediante inscrição) à avaliação teórica. Este Exame conta apenas para a Avaliação Teórica, ou seja, conta 60% da nota final à UC. Para os estudantes reprovados terem aproveitamento à UC é obrigatória uma nota igual ou superior a 9,5 valores neste Exame.
Seminário de Técnicas - 25% da nota final da UC: Para esta nota será tida em consideração a apresentação sob a forma de seminário, a discussão e a documentação entregue.
Relatório sobre a visita ao Serviço de Patologia Clínica do HGO - 5% da nota final da UC
Período de discussão após cada seminário - 10% da nota final da UC: Para esta nota serão tomadas em consideração as perguntas efetuadas aos colegas durante os períodos de discussão dos respetivos seminários. Para cada pergunta efetuada, o Professor comunicará oralmente imediatamente a sua cotação. A qualidade da pergunta tema ver com a sua relevância para o Seminário de Técnicas que acabou de ocorrer.

3 pontos - Pergunta muito boa/excelente

2 pontos - Pergunta boa

1 ponto - Pergunta razoável

As perguntas de curiosidade sobre questões médicas ou do tipo "Não percebi aquela figura...", "Expliquem melhor (...)", "Gostaram de fazer este trabalho?" ou outra que não implique qualquer esforço de tentar perceber o trabalho por parte de quem pergunta, não recebem pontuação.

O/A estudante que somar mais pontos fica com 20 valores a esta componente. As notas dos restantes serão calculadas proporcionalmente ao valor obtido por este/esta estudante. Quem não colocar qualquer pergunta que pontue ao longo das 9 sessões destes Seminários, terá uma nota de 0 valores a esta componente.

Conteúdo

1. Introdução à Bioqímica Clínica

2. Função renal e equilíbrio hidrolítico

3. Proteínas em Bioquímica Clínica

4. Biomarcadores cardiovasculares

5. Testes de função hepática e doenças relacionadas

6. Técnicas de Bioquímica Clínica

7. Aplicações de técnicas de Bioquímica Clínica em descoberta de fármacos, em doping desportivo e no diagnóstico de doenças

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: