Lesão e Morte Celular

Objectivos

Nesta Unidade Curricular pretende-se aprofundar o estudo dos processos celulares e moleculares envolvidos em diferentes tipos de morte celular, e na resposta das células à lesão. Em paralelo serão abordados métodos de avaliação de diferentes etapas da morte celular, bem como desenvolvimento de fármacos e pesquisa de alvos terapêuticos.

Espera-se que no final deste curso os alunos tenham atingido as seguintes competências gerais: i) compreender o conceito de stress oxidativo; ii) compreender, através de casos práticos, o conceito de lesão celular e mecanismos ativados na resposta endógena à lesão; iii) enumerar e distinguir diferentes tipos e morte celular, relacionando os indutores e mecanismos envolvidos; iv) identificar a des-regulação dos mecanismos envolvidos na morte celular como estando na base de diversas doenças; v) utilizar os conceitos adquiridos e compreender estratégias e alvos terapêuticos para modular a morte celular nas diferentes doenças; vi) aquisição de competências de pesquisa de literatura recente sobre temas leccionados, com vista à exposição e discussão crítica de trabalhos científicos na área; vii) adquirir competências laboratoriais e contacto com metodologias actualmente utilizadas na avaliação de diferentes parâmetros de lesão e morte celular.

Caracterização geral

Código

12107

Créditos

3.0

Professor responsável

Margarida Casal Ribeiro Castro Caldas Braga

Horas

Semanais - 3

Totais - 34

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Sem requisitos

Bibliografia

Molecular Cell Biology. Lodish et al. 7th Ed. WH Freeman & Company, NY 2012

 Molecular Biology of the Cell. Alberts et al. 5th Ed. Garland Science, NY 2007

 Artigos científicos

 

 

Método de ensino

As aulas teóricas são baseadas em livros de texto e artigos recentes da literatura cientifica. As aulas são na generalidade do tipo expositivo, com recurso a data show.

As aulas práticas incluem experiências laboratoriais e envolvem a análise crítica e discussão dos resultados.

Método de avaliação

I)Frequência da disciplina:

 1. Para a obtenção da  frequência à disciplina é necessária a participação em 2/3 das aulas teorico-práticas/práticas leccionadas.

2. A participação nas aulas práticas é registada em folhas de presença.

3. Os alunos que estiverem na aula prática mas não assinarem a folha, têm falta de presença.

4. Atrasos após 10 min. da hora de início da aula prática (10h10m), são considerados faltas de atraso, no entanto o aluno poderá optar por assistir à aula. Duas faltas de atraso são convertidas numa falta efectiva.

5. Faltas em dias de avaliação não implicam a realização da avaliação noutro dia.

6. Atestados médicos ou outra justificação de faltas só serão aceites até uma semana após o dia da falta

7. Os trabalhadores estudantes e outros casos excepcionais que não frequentem as TP/P devem realizar uma avaliação (a combinar com a docente) para a obtenção da frequência à disciplina

 

II) Avaliação:

A classificação final da disciplina (0-20 val) resulta da soma das classificações obtidas em 3 componentes, a qual componentes tem de ser igual ou superior a 9,5 val :

 

1. componente de avaliação teórica/prática: (1 apresentação dos resultados obtidos nas aulas P; 30% da classificação final, 6 val). No dia 25.10.2019.

2. penalizações na componente de avalição contínua prática: Penalizações correspondentes a avaliação contínua individual ao longo do semestre baseada na participação/empenho e desempenho nas aulas TP/P. Poderá ser punido em cada aula o seguinte: Faltas de presença não justificadas, faltas de atraso, faltas de material (bata, protocolo ou outro material previamente indicado), perturbação da aula, não realização dos exercícios propostos, falta de cuidado com o material das aulas e falta de arrumação da bancada no final da aula.(5% da classificação final, 1 val)..

 

3. componente de avalição de projecto : trabalho escrito em grupo sobre temas propostos pelas docentes (70% da classificação final, 14 val). A entregar até ao dia 3.11.2019.

 

Data limite de entrega dos trabalho submetidos no moodle:

 

Slides das apresentações: Upload no moodle dos slides (em pdf ou ppt) no dia das apresentações (25/10), antes do início da aula (8h30m). Não serão aceites passado este prazo.

 

Trabalho escrito: Até ao dia 3 Novembro, por upload no moodle feito pelos alunos (até à hora de encerramento). Trabalhos entregues fora deste prazo serão penalizados em 50% da nota, se entregues nos 2 dias úteis seguintes ao prazo estipulado. Não serão aceites passado este prazo.

 

Os trabalhos escritos serão submetidos a verificação de plágio com o programa disponível na FCT (moodle). Análise dos "relatórios de similaridade" enviados após analise dos documentos submetidos – aceite < 30% de similaridade (casos verificados individualmente).

 Faltas em dias de avaliação ou de trabalhos P:

. A data das apresentações e de entrega do trabalho são divulgadas no início das aulas e não há data(s) alternativa(s), nem repetição de nenhum dos momentos de avaliação.

. Faltas não justificadas em dias em que se estão produzir resultados para incluir num trabalho implicam que o aluno terá 0 val nesse trabalho; no caso de faltas justificáveis, a situação será analisada com o grupo e o aluno caso a caso.

Mais detalhe sobre o plano e regras de funcionamento das disciplina encontram-se em anexo nesta pág. CLIP e estão disponibilizadas na pág moodle.

Conteúdo

Aulas teóricas

1. Stress oxidativo: indutores, mecanismos envolvidos e adaptação das células e tecidos ao stress oxidativo

2. Morte celular em homeostasia e desregulação da morte celular em processos patológicos: Necrose, Apoptose, Necroptose e outras formas de morte celular.

2.1. Mecanismos gerais de ativação do processo de morte celular

2.2. Mecanismos moleculares envolvidos no processo de morte celular

2.3. Os organelos celulares como moduladores e alvos dos processos envolvidos na morte celular

2.4. Resposta celular à lesão e reversibilidade do processo de morte celular

2.5. Desregulação da morte celular em diversas patologias: cancro, doenças auto-imunes e infeções

2.6. Desregulação da morte celular em diversas patologias: doenças degenerativas.

3. Papel da autofagia na regulação da morte celular.

3.1. Os organelos celulares como moduladores e alvos dos processos envolvidos na autofagia.

4. Modulação da morte celular. Desenvolvimento de fármacos e pesquisa de alvos terapêuticos.

 

Aulas práticas:

1. Avaliação do stress oxidativo

1.1. Reação de Griess (nitritos/nitratos no sobrenadante)

1.2. Avaliação de ROS: marcação de células em cultura com sonda DCF-DA

2. Avaliação da morte celular (apoptose/necrose)

2.1. Avaliação da morfologia nuclear por marcação com Hoechst

2.2. Avaliação da libertação da lactato desidrogenase (ensaio de LDH)

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: