Análise Económica

Objectivos

A disciplina de Análise Económica é uma cadeira introdutória ao fascinante mundo da Economia. Ela foi concebida para estudantes acabados de chegar ao Ensino Universitário e cujos conhecimentos de ?economia? são naturalmente baseados na sua experiência e no senso comum. A noção de que se está perante uma ?ciência" (social) com tudo o que isso significa em disciplina, rigor, organização, métodos, princípios, etc. ainda não faz parte do património de conhecimentos que transportam consigo.

Por este motivo, a disciplina está organizada de modo a que se atinjam quatro objetivos centrais:

  1. Promover a aprendizagem dos fundamentos essenciais da Ciência Económica  estimulando a compreensão, a aplicação, a análise e a síntese;
  2. Estimular o gosto pela pesquisa Económica e fomentar a adoção de ?comportamentos e atitudes científicas? na abordagem dos problemas (na sua perceção, análise e propostas de resolução);
  3. Estimular o acompanhamento permanente e contínuo dos conteúdos abordados e propostos nas aulas, e
  4. Promover o sucesso escolar dos alunos.

A natureza introdutória da cadeira não permite que se aprofundem os teoremas, os princípios, as noções, etc.  A nossa principal preocupação consiste em propor aos estudantes uma caminhada no decurso da qual irão adquirir e compreender aquelas regras e aqueles princípios e conceitos que embora elementares são extremamente poderosos e constituem o património científico e metodológico da Economia.

 

Caracterização geral

Código

100007

Créditos

4.0

Professor responsável

José Manuel Madeira Belbute

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português. No caso de existirem alunos de Erasmus, as aulas serão leccionadas em Inglês

Pré-requisitos

Nenhum.

Bibliografia

  1. Mankiw, N. Gregory (2018); Principles of Economics, 8th Ed., Cengage Learning,
  2. Belbute, J. M. M. (2003); Princípios de Macroeconomia  Gradiva, Lisboa.
  3. STIGLITZ, J. e J. Driffill (2000); Economics, W.W. Norton & Company, Inc, New York.
  4. Besanko and Braeutigam (2011); ?Microeconomics?, 4th Ed. John Wiley & Sons,

Método de ensino

O processo ensino/aprendizagem está baseado uma estratégia de aprendizagem ativa e cooperativa. Na sua componente expositiva, as aulas concentram-se na apresentação e desenvolvimento dos modelos relevantes, apresentando as motivações que lhe deram origem, as hipóteses de base, discutindo os resultados e identificando as suas implicações e exemplificando-as com casos práticos e reais.

A metodologia de ensino procura ainda fazer com que os estudantes adquiram métodos e competências de trabalho científico segundo padrões internacionalmente reconhecidos.

O uso de uma plataforma de e-learning será um instrumento complementar da aprendizagem.

O regime de avaliação privilegiado é a avaliação contínua que é composto por vários momentos de avaliação ao longo do semestre. 

 

Método de avaliação

O regime de avaliação privilegiado é a avaliação contínua que é composto por vários momentos de avaliação ao longo do semestre. Com ele pretendemos atingir dois objetivos operacionais, consistentes com o propósito de concretizar o quarto objetivo enunciado para a  disciplina:

  1. Promoção de um elevado nível de aprendizagem dos temas do programa, e.
  2. uma elevada taxa de aprovação na disciplina 

Importa esclarecer entendemos por um ?elevado nível de aprendizagem? um processo em que os alunos não só adquiram (novo) conhecimento como ainda  que o compreendam e que o apliquem. Para além disso, será ainda desejável que desenvolvam competência para analisar situações que envolvam o conhecimento que adquiriam, de o sintetizar em novas  forma de organização, e mesmo de o (re)avaliar.

Estes objetivos operacionais exigem um regime de avaliação que ?facilite? e estimule de forma eficaz um  processo de aprendizagem de elevado nível e não que seja, simplesmente,  uma forma artificial de aumentar as hipótese de sucesso dos alunos.

TIPO DE PROVA

NATUREZA

Qt.

PONDERADOR

DATA PREVISTA

Quizzes (15 m.) (1)

Individual

4

40%

5/10/2017

26/10/2017

16/11/2017

7/12/2017

Frequência (nota mínima: 7 valores)

Individual

1

60%

21/12/2017

EXAME (Época Normal)

 

1

 

A definir pela escola

EXAME de Recurso

 

1

 

a definir pela escola

Notas:

(1) Os ?quizzes? são realizados na sala em que decorrerão nos últimos 15 m. das aulas

De acordo com o regulamento escolar,  os  alunos que reprovarem no regime de avaliação contínua (AC) apenas podem ir a exame de 2º Época.

Considera-se que um aluno está em regime de AC desde que realize, pelo menos, uma das provas deste regime.

A exame de 2ª Época poder apresentar-se todos  os alunos que reprovarem no regime de AC ou de Exame de 1ª Época

O curso de Análise Económica está sustentado num  sistema interativo de e-learning onde os alunos podem ter acesso a um conjunto de estímulos e informações  que os ajudarão no seu processo de aprendizagem.

Atendimento

O  Atendimento formal dos aos alunos será feito no seguinte horário

Docente

Gabinete

Dia da Semana

Hora

José M. M. Belbute

Sala dos docentes

Quinta-feira

11:00 ? 13:00

Os alunos podem ainda contactar o docente usando o portal da disciplina no moodle ou usando o seu endereço de e-mail.

 

Conteúdo

A - MICROECONOMIA

 

I -  Introdução

1.1   A Economia como Ciência

1.2   O Problema Económico: escassez, escolha, troca e interdependência

1.3   Procura e Oferta: A primeira abordagem

II -  A Decisão do Consumidor

2.1 Preferências, utilidade e escolha do consumidor

2.1.1 A função utilidade e a representação das preferências: os casos típicos.

2.1.2 O equilíbrio do consumidor e as leis Gossen: os conceitos de utilidade marginal e de  taxa marginal de substituição.

2.1.3   Restrição orçamental.

2.1.4   O ótimo do consumidor

2.2 A Curva da Procura

2.2.1   Definição e dedução: A procura enquanto disponibilidade em pagar por uma unidade adicional.

2.2.2 Fatores que afetam a procura: preços, rendimento, preferência.

2.2.3   Efeito Substituição (ES), Efeito Rendimento (ER) e Efeito Total (ET): uma introdução

2.2.4   Elasticidade da Procura: Elasticidade Procura-Preço, Elasticidade Procura-Rendimento e Elasticidade Cruzada

2.2.5   Excedente (Total e Líquido) do Consumidor e Variações no Excedente do Consumidor

III - A Decisão do Produtor e a Organização do Mercado

3.1   Empresas e Produção: Como Produzir?

3.1.1   Função de Produção e Tecnologia: Lei dos rendimentos marginais decrescentes, rendimentos à escala

3.1.2 A Escolha da combinação óptima dos Factores Produtivos

3.2   A Oferta da Empresa: Quanto Produzir?

3.2.1   Custos de Produção.  Custo Económico (Custo de Oportunidade).  Custos Totais (CT), Custos Fixos (CF) e Custos Variáveis (CV).  Custos Médios (CM) e Custos Marginais (Cmg).

3.2.2   O critério geral de decisão do Produtor optimizador: Rmg = Cmg

3.2.3 A oferta da empresa e do mercado: fatores que afetam a deslocação da e sobre a oferta

IV - O Funcionamento do Mercado: uma breve introdução

4.1 Regime de concorrência Perfeita

4.2 Regime de Monopólio

4.3 Perturbações ao funcionamento do mercado

4.3.1 Impostos e Subsídios

4.3.2 Preços Máximos, Preços Mínimos e Limites quantitativos (Fixação administrativa de preços, Desemprego, Limites à Importação, etc).

4.3.3 Bem-estar e externalidades

4.4 o mercado de trabalho: uma breve visão

4.4.1 procura de trabalho e seus determinantes

4.4.2 oferta de trabalho e seus determinantes

4.4.3 Mercado de trabalho: particularidades e fatores de rigidez

4.4.4 Alguns fatores determinantes na formação dos salários

 

B - MACROECONOMIA

V. Medição da Atividade Económica: principais agregados macroeconómicos

5.1 Alguns Conceitos de Contabilidade Nacional

5.2 Índice de Preços no Consumidor (IPC), inflação

VI. O Crescimento Económico

6.1 Definição, factos estilizados e o papel da produtividade

6.2 O que determina o crescimento económico

VII. Inflação, desemprego e expectativas: A oferta agregada

VIII As flutuações Económicas a curto prazo

8.1 O sistema financeiro: poupança, investimento e o mercado de crédito

8.2 O equilíbrio no mercado do produto. A importância do investimento e do estado

8.3 A moeda e o equilíbrio no mercado monetário: procura e oferta de moeda. O papel do Banco Central

8.4 A procura agregada

8.5 Modelo completo. O caso especial da neutralidade da Moeda

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: