Seminário em Economia da Saúde

Objectivos

 1. Identificar e descrever conceitos e métodos da ciência económica quando aplicados à saúde.

2. Interpretar e aplicar estudos empíricos na área da procura, oferta, financiamento e equidade em saúde.

3. Elaborar, interpretar e aplicar estudos interdisciplinares de avaliação económica de programas de saúde no âmbito da política e administração de saúde.

4. Analisar criticamente novos temas da investigação em economia da saúde e contribuir para a resolução de problemas através da articulação de posições fundamentadas.

5. Identificar aspectos chave do sistema de informação de saúde, em particular das bases mais usadas no campo da economia da saúde, quer em Portugal quer a nível internacional.

6. Identificar e analisar o panorama da economia da saúde nas suas diferentes áreas de aplicação, focando temas e métodos recentemente desenvolvidos na literatura.

7. Utilizar métodos econométricos e outras técnicas avançadas quando aplicadas à saúde.

Caracterização geral

Código

9283

Créditos

12.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 78

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

– Barros, P.P. (2009) Economia da Saúde: Conceitos e Comportamentos. Almedina, Coimbra.

– Folland, S., A.C. Goodman e M. Stano (2007) The Economics of Health and Health Care. Prentice Hall, New York (5th Edition).

– Morris, S., N. Devlin and D. Parkin (2007) Economic Analysis in Health Care. John Wiley and Sons, Chichester.

– Pereira, J. (coord.) (2009). Farmacoeconomia: Princípios e Métodos. (PharmacoEconomics – SRA), Madrid: Wolters Kluwer.

– Comissão Científica do Programa de Doutoramento: Guião do protocolo de tese de doutoramento, 2014

Método de ensino

−No âmbito da componente teórica (6ECTS): apresentações pelos docentes e discussão de temas; sessões práticas com resolução de exercícios e análise de dados em computador; apresentação e discussão de resultados de trabalhos pelos alunos.

- No âmbito da componente de preparação do protocolo de tese (6ECTS): trabalho individual com orientação docente; aprofuteses em seminários; contactos individuais entre docentes e discentes e através de ensino à distância; apresentação de resultados de trabalhos pelos alunos; envolvimento de vários docentes.ndamento dos temas das 

Método de avaliação

Componente teórica:

− Teste de escolha múltipla – 30% da nota final;

− Trabalho de revisão bibliográfica e aplicação empírica – 40% da nota final;

− Avaliação contínua, efectuada através da observação da participação dos alunos e da sua apresentação e discussão de tópicos e exercícios – 30% da nota final;

Componente de elaboração do protocolo de tese:

– Apresentação e discussão individual de protocolo sobre o tema previsto para a investigação de doutoramento do perante um júri composto pelo Coordenador do Seminário da Especialidade, pelo tutor e por um membro da comissão científica do programa de doutoramento. Para ser admitido à fase de tese o discente deve ter nesta componente uma classificação mínima de 14 valores.

Conteúdo

O programa é composto por duas componentes:

- A frequência da unidade curricular Applied Health Economics (6 ECTS), leccionada integralmente em inglês. Os tópicos são escolhidos entre os seguintes:

o Financiamento do sector da saúde: despesas e resultados de saúde, análise macroeconómica;

o Procura em saúde: o risco moral, relação de agência e indução da procura pelo prestador;

o Pagamento dos prestadores de cuidados de saúde: incentivos e comportamento dos prestadores individuais e colectivos;

o Medição de resultados em saúde: qualidade de vida, QALYs e disposição para pagar;

o Econometria da saúde aplicada: interpretação dos resultados de estudos empíricos;

o Desigualdade em saúde e equidade no financiamento e prestação de cuidados de saúde: métodos e comparações internacionais;

- A segunda componente corresponde à preparação pelo aluno da proposta de tese, contendo uma fundamentação teórica da sua pertinência, revisão da literatura principal e metodologia do trabalho a desenvolver e respectivas IGNOREes de dados (6 ECTS).

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: