Prevenção e Controlo de Doenças não-transmissíveis

Objectivos

1. Identificar as principais doenças não transmissíveis (DNT) em Portugal e respetivos fatores determinantes. Análise de indicadores. Comparações internacionais
2. Discutir e propor estratégias, políticas e programas para a prevenção e controlo destas doenças, e dos seus principais fatores determinantes, e analisar o seu potencial impacte em saúde à luz dos princípios da promoção da saúde e de critérios de evidência e custo-efetividade.
3. Analisar e discutir o Plano Global de Ação da OMS para a prevenção e Controlo das Doenças Não Transmissíveis (2013-2020), bem como os Programas Nacionais de controlo destas doenças, à luz de critérios de evidência, custo-efetividade e equidade.

Caracterização geral

Código

9556

Créditos

3.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 24

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Licenciatura (1º ciclo) e estar a frequentar os programas de formação contínua, de especialização, de mestrado ou de doutoramento. 

Bibliografia

1. World Health Organization. Who Global Action Plan for the Prevention and Control of NCDs 2013-2020. Geneva: WHO, 2013.
2. Heneghan C et al. Evidence for non-communicalble diseases: analysis of Cochrane reviews and randomized trials by World Bank Classification. BMJ open,3: 7, 2013. 
3. Merson M.  Black R., Mills A J.:  International Public Health. Second Edition. (Sudbury, MA: Jones and Bartlett Publishers, 2008.
4. The World Bank:  Investing in Health (Washington, DC:  World Bank and Oxford University Press, 1993.
5. Direcção Geral de Saúde. Programas Nacionais Prioritários. (Lisboa, Portugal: Ministério da Saúde, 2012).

Método de ensino

1. Aulas teóricas com discussão de casos específicos relativos ao tema das sessões.
2. Discussão de publicações relativas às DNT e à avaliação de evidência.
3. Discussão dos programas de saúde prioritários de Prevenção e controlo de DNT em Portugal e na Europa à luz de critérios de evidência.
4. Preparação de nota de análise relativa a um programa ou projeto de saúde para prevenção de DNT em Portugal.
5. a) Participação nas aulas e seminários (25%), b) trabalho de grupo (25%) e c) trabalho individual (50%): ensaio/revisão/ monografia sobre um tema a acordar entre o professor e o aluno.

Método de avaliação

A disponibilizar brevemente

Conteúdo

1. Mortalidade prematura, carga da doença, níveis de prevenção, gestão da doença, esperança de vida e expectativa de vida saudável. Iniquidades em saúde.
2. Avaliação de políticas e programas de saúde. Análise económica, de custo-benefício e de custo-efetividade.
3. Avaliação de políticas e programas de saúde baseados na evidência.
4. Epidemiologia das DNT. Fatores de risco e fatores de proteção das DNT. Análise em função do ciclo de vida individual e familiar à luz de critérios de evidência.

5. Abordagem de risco e abordagem populacional de prevenção e controlo das DNT. Testes de rastreio e sua validade.

6. Análise do Global action plan for the prevention and control of noncommunicable diseases” da OMS.
7.  Programas Nacionais Prioritários de Controlo de DNT.
8. Estratégias de prevenção e controlo do Tabagismo.
9. Estratégias de prevenção e controlo Alcoolismo.
10. Estratégias de prevenção e controlo Obesidade.
11. Prevenção primária de DNT, literacia e capacitação dos cidadãos. Saúde em todas as políticas. Advocacia, cooperação interdisciplinar e intersectorial. Parcerias
12. Discussão de Programas de saúde a realizar pelos alunos.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: