Alteradores Endócrinos e Contaminantes da Dieta

Objectivos

Nesta UC propomos a aprendizagem de aspetos relacionados com alteradores endócrinos e contaminantes associados à Alimentação Humana. Os estudantes ficarão capazes de:

a) entender os conceitos básicos de exposição a alteradores endócrinos e outros contaminantes através da alimentação e identificar potenciais fontes de exposição;
b) identificar os diferentes métodos de avaliação da exposição;
c) compreender os efeitos e mecanismos de ação dos alteradores endócrinos e contaminantes, assim como as metodologias que permitem demonstrar a ação biológica dessas substâncias;
d) compreender a importância das janelas de exposição;
e) identificar a importância da influência dos hábitos alimentares e escolhas alimentares orientadas na exposição e seus efeitos;
f) projetar metodologias de controlo e mitigação da exposição a alimentos contaminados;
g) ser identificados como ‘opinion lider’ na área da Toxicologia Alimentar.

Caracterização geral

Código

44002

Créditos

5.5

Professor responsável

Prof. Doutor Diogo Pestana

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Bibliografia

·        Shibamoto, T., Bjeldanes, L.F. (2009). Introduction to food toxicology. 2nd Edition. Academic Press. Elsevier

·        WHO (World Health Organization)/UNEP (United Nations Environment Programme) The State-of-the-Science of Endocrine Disrupting Chemicals - 2012 (Bergman Å, Heindel JJ, Jobling S, Kidd KA, Zoeller RT, eds). Geneva:UNEP/WHO. 2013

·        Gore, A.C., Crews, D., Doan, L.L., Merill, L.L., Patisaul, H., Zota, A. (2014). Introduction to endocrine-disrupting chemicals (EDCs): a guide for public interest organizations and policy makers. Endocrine Society/IPEN Publication

·        Teixeira, D., Pestana, D., Calhau, C., Graça, P. (2014). Linhas de orientação sobre contaminantes de alimentos. Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Direção-Geral da Saúde. ISBN. 978-972-675-219-6

·        Gore, A.C., et al. (2015). EDC-2: The Endocrine Society's Second Scientific Statement on Endocrine-Disrupting Chemicals. Endocr Rev, 36(6), E1-E150

·        Heindel, J.J., et al. (2017). Metabolism disrupting chemicals and metabolic disorders. Reprod Toxicol, 68, 3-33

Método de ensino

As metodologias de ensino são coerentes com os objetivos de aprendizagem. As aulas teóricas disponibilizadas oferecem uma exposição detalhada e completa dos conteúdos programáticos e alargam o espirito crítico do aluno face às matérias apresentadas. O exame final visa avaliar a totalidade dos conhecimentos adquiridos nas aulas teóricas, que são conhecimentos base muito importantes para a aprendizagem de muitos tópicos que serão desenvolvidos ao longo do mestrado em Nutrição Humana e Metabolismo.

A avaliação da aprendizagem e do ensino são implementadas de forma a permitir a identificação dos pontos fortes e dos pontos fracos da unidade curricular, constituindo um importante meio de aferição visando a sua melhoria contínua.

Método de avaliação

Aulas teóricas (aulas de carácter expositivo, dirigida a grandes grupos). 

A avaliação será feita tendo em conta os seguintes
parâmetros: Exame (100 %). Ficam aprovados os alunos com nota igual ou superior a 10 (0 a 20) valores no exame final.

Conteúdo

Módulo 1 - Introdução aos contaminantes dos alimentos
Papel dos alimentos como veículo de alteradores endócrinos e contaminantes
Tipo de contaminantes, potenciais fontes de exposição e medidas mitigadoras da exposição

Módulo 2 – Métodos e tipos de avaliação da exposição
Exposição externa versus exposição interna. Conceitos e métodos de avaliação
Marcadores de exposição e efeito
Métodos analíticos para determinação de contaminantes. Extração, identificação, quantificação
Biomonitoring e Exposome. Conceitos e implicações

Módulo 3 – Mecanismos e efeitos de alteradores endócrinos e outros contaminantes
Alteração endócrina. Conceito e sistemas envolvidos
Efeitos e classificação de alteradores endócrinos. Contaminantes sintéticos e contaminantes naturais
Mecanismos de ação dos alteradores endócrinos e contaminantes
Exposição aguda versus exposição crónica a baixas concentrações. Mistura de contaminantes
Metodologias de avaliação da ação biológica e do risco de exposição. Modelos recomendados (in vivo e in vitro), estudos epidemiológicos e estudos experimentais com humanos
Interpretação dos efeitos biológicos dos contaminantes. Efeitos obesogénicos, disfunção metabólica e carcinogénicos

 Módulo 4 – Efeitos em diferentes janelas de exposição
Risco associado à exposição em diferentes momentos do ciclo de vida.
Janelas de exposição com maior suscetibilidade
Exposição in utero e efeitos no na vida adulta. Mecanismos de ação

 Módulo 5 - Influência dos hábitos alimentares e escolhas alimentares orientadas na exposição
Influência dos hábitos alimentares na exposição a contaminantes
Interação entre constituintes naturais dos alimentos e os contaminantes. Avaliação do risco-benefício e efeitos mitigadores
Metodologias de controlo e mitigação da exposição a contaminantes dos alimentos. Escolhas alimentares orientadas

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: