Pós-Graduação em Jornalismo Multiplataforma

Objetivos educativos

A Pós-Graduação em Jornalismo Multiplataforma visa o aprofundamento da formação profissional e teórica em Jornalismo, designadamente:
Contextualizar criticamente o jornalismo contemporâneo perante as novas realidades tecnológicas e económicas;
Dominar as competências técnicas e as regras legais e deontológicas necessárias ao exercício do jornalismo, compreendendo as suas especificidades consoante os respetivos meios e géneros;
Demonstrar conhecimento e domínio prático dos aspetos formais e narrativos específicos a cada meio;
Dominar as técnicas e outras especificidades formais das diferentes categorias especializadas do jornalismo;
Saber adaptar um mesmo conteúdo jornalístico à identidade das suas diferentes plataformas;
Pôr em prática as competências exigidas ao exercício do jornalismo em ambiente profissional de trabalho.

Caracterização geral

Código DGES

3888

Ciclo

Cursos de pós-graduação

Grau

Acesso a outros cursos

Não aplicável.

Coordenador

Jorge Manuel Martins Rosa

Data de abertura

2020-09-14

Número de vagas

25

Propinas

4350 Euros/ano

Horários

Presencial

Idioma de ensino

Português

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

O curso tem a duração de seis meses consecutivos em regime intensivo, equivalendo a dois semestres. O estudante deve completar 60 créditos (1 ECTS = 28 horas de trabalho) para obter o diploma de Pós-Graduação em Jornalismo Multiplataforma. O conjunto das unidades curriculares necessárias à obtenção dos 60 ECTS deve incluir todas as unidades curriculares que compõem o plano de estudos da Pós-Graduação, todas de caráter obrigatório, entre as quais se inclui um estágio profissionalizante remunerado.

Condições de acesso

As condições de acesso e ingresso no ciclo de estudos refletem as condições estabelecidas na legislação nacional, nomeadamente: a) Possuir o grau de licenciado, ou equivalente legal; b) Ser titular de um grau académico estrangeiro que seja reconhecido pelo Conselho Científico (CC) da FCSH. Os candidatos são selecionados e seriados tendo em conta a classificação de licenciatura, a proximidade desta às áreas do Jornalismo e da Comunicação, o currículo académico e científico complementar em Jornalismo e a experiência profissional nessa área.

Regras de avaliação

Adota-se o regulamento de avaliação em vigor na instituição de acolhimento, com adaptações que visam ir ao encontro da especificidade do curso. Cada unidade curricular descreve detalhadamente os métodos de avaliação. 1) Para a frequência das unidades curriculares da pós-graduação não são exigidas precedências obrigatórias. 2) A avaliação de conhecimentos tem carácter individual e realizar-se-á de forma contínua ao longo de cada unidade curricular. Serão considerados, na avaliação de conhecimentos, provas finais escritas e/ou orais, trabalhos ou outros elementos de avaliação levados a efeito pelos alunos no âmbito das diferentes unidades curriculares em condições a definir pelos respetivos docentes. O resultado da avaliação será expresso na escala numérica de 0 a 20 valores. 3) Considera-se aprovado numa unidade curricular o aluno que obtenha a classificação final igual ou superior a 10 valores.