Epistemologia

Objectivos

1. Adquirir uma visão geral dos problemas que se debatem na epistemologia contemporânea.
2. Relacionar os problemas do conhecimento com a epistemologia atual.
3. Compreender as questões fundamentais da relação da filosofia com as várias ciências.

 

Caracterização geral

Código

01102003

Créditos

6.0

Professor responsável

Nuno Carlos da Silva Carvalho Costa Venturinha

Horas

Semanais - 4

Totais - 168

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

HUSSERL, E. (1975) Logische Untersuchungen, vol. 1 – Prolegomena zur reinen Logik: Husserliana, vol. 18. Haia: Martinus Nijhoff; (2005) Investigações Lógicas, vol. 1 – Prolegómenos à Lógica Pura. Lisboa: CFUL. [Cap. VII, §40]
KANT, I. (1911) Kritik der reinen Vernunft: Kant‘s gesammelte Schriften, vol. 3. Berlim: Georg Reimer; (1985) Crítica da Razão Pura. Lisboa: FCG. [Pt. II, cap. II, sec. 3]
– (1923) Logik: Kant‘s gesammelte Schriften, vol. 9, 1-150. Berlim: De Gruyter; (2009) Lógica. Lisboa: Texto & Grafia. [Int., caps. IX-X]
RUSSELL, B. (1912) The Problems of Philosophy. Londres: Williams & Norgate; (2008) Os Problemas da Filosofia. Lisboa: Edições 70. [Cap. V]
– (1921) The Analysis of Mind. Londres: George Allen & Unwin. [Cap. XII]
SOSA, E., KIM, J., FANTL, J., McGRATH, M., eds. (2008) Epistemology: An Anthology, 2.ª ed. Oxford: Blackwell.
WITTGENSTEIN, L. (1984) Über Gewissheit: Werkausgabe, vol. 8, 113-257. Frankfurt: Suhrkamp; (1990) Da Certeza. Lisboa: Edições 70. [§§66-192]

Método de ensino

O método de ensino adotado combina a exposição baseada na leitura e comentário de textos com a discussão de trabalhos apresentados pelos alunos

 

Método de avaliação

cada aluno deve preparar uma recensão de um artigo ou capítulo de livro contemporâneo, a escolher de uma lista de textos selecionados pelo docente, que será apresentada e discutida em aula numa oficina temática(20%), dois exames(80%)

Conteúdo

Este curso visa uma introdução à epistemologia tal como se desenvolveu desde Kant. Começando com o conceito de "assentimento" ou "considerar como verdadeiro" (Fürwahrhalten) introduzido na Primeira Crítica, a atenção é dirigida depois para a Lógica, onde esse conceito e os seus três modos epistémicos – opinião, crença e saber – são examinados em conexão com outros conceitos-chave da epistemologia. Aborda-se também o posicionamento de Husserl face ao considerar algo verdadeiro no início da sua fenomenologia a propósito do debate psicologismo/antipsicologismo. Traça-se em seguida o desenvolvimento da teoria do conhecimento de Russell, que destaca a função do assentimento, e explora-se a relevância dentro da epistemologia contemporânea do papel desempenhado pelo considerar como verdadeiro e por atitudes proposicionais análogas na última filosofia de Wittgenstein. Existirão oficinas dedicadas ao paradoxo de Gettier, à epistemologia naturalizada, da prioridade do conhecimento e da virtude.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: