Filosofia Moderna

Objectivos

1. Adquirir conhecimento básico das figuras mais relevantes do pensamento filosófico ocidental da época moderna e de alguns dos seus textos.
2. Identificar as questões filosóficas mais significativas do pensamento europeu moderno e enunciá-las com precisão.
3. Adquirir a capacidade básica de situar conceitos, concepções metodológicas e posições doutrinais no contexto histórico a que pertencem.
4. Adquirir a capacidade de identificar os traços distintivos da filosofia europeia do período moderno tanto do ponto de vista metodológico como temático.
5. Adquirir a capacidade de identificar e enunciar os elementos de continuidade e de ruptura na formulação dos problemas filosóficos e nas propostas da sua resolução.
6. Adquirir a capacidade de ler e interpretar alguns textos fundamentais do período moderno.
7. Reconhecer a importância do estudo da filosofia moderna para a compreensão de algumas questões filosóficas actuais.

 

Caracterização geral

Código

711031061

Créditos

6.0

Professor responsável

Marta Maria Anjos Galego de Mendonça

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 168

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Nenhum

Bibliografia

DESCARTES, Oeuvres Complètes. 11 vols. Publiées par Charles Adam et Adam Tannery. Édition du Jubilé. Paris : Vrin, 1996.

HUME, The philosophical works. 4 vols. Aalen: Scientia Verlag, 1964.

I. KANT, Gesammelte Schriften, vol. III: Kritik der reinen Vernunft, ed. Königlich Preussische Akademie der Wissenschaften, Berlin, Georg Reimer, 1911; reimpr. Kants Werke, Vol. III, ed. Deutsche Akademie der Wissenchaften, Berlin, de Gruyter, 1968.

LOCKE, The Works of John Locke. 9 vols. London: Routledge/Thoemmes Press, 1997.

B. SPINOZA, The Collected Works of Spinoza. 2 vols. Edited and translated by Edwin Curley. Princeton: Princeton University Press, 1985.

 

 

Método de ensino

O curso tem uma natureza teórico prática. Haverá aulas de enquadramento, de apresentação e contextualização do pensamento dos diversos autores ou de formulação e aprofundamento dos problemas em análise, e aulas mais centradas na análise e discussão de textos. Os alunos terão acesso aos textos a analisar, devendo preparar a sua discussão em sala de aula.
Ensino presencial

Método de avaliação

uma prova escrita a meio do semestre(30%), uma prova escrita no final do semestre(70%)

Conteúdo

Erro, ilusão e ignorância na Filosofia Moderna

A reflexão sobre o erro – sobre os seus indícios, causas, manifestações, bem assim como sobre os critérios disponíveis para o evitar – esteve no centro do debate filosófico europeu da modernidade, conferindo-lhe um tom marcadamente crítico. Longe de se conceber como um acidente da razão, o erro vislumbra-se como uma ameaça constante ou inclusivamente como uma condição da razão humana. As consequências ou os efeitos decorrentes deste novo modo de pensar a relação da razão à verdade configuraram na raiz os diversos sistemas filosóficos da modernidade e projectaram a sua influência muito para além do próprio período moderno.
O curso abordará o problema do erro e as questões que lhe estão associadas, tal como foram formulados e sucessivamente reformulados na filosofia europeia dos séculos XVI a XVIII.
Serão estudados textos de Descartes, Spinoza, Locke, Hume e Kant.

 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: