Bioética

Objectivos

a) Adquirir um conhecimento da génese e evolução da bioética e das suas principais correntes.
b) Adquirir a capacidade de reconhecer a dimensão essencialmente interdisciplinar da bioética.
c) Conhecer os fundamentos éticos da bioética, assim como os seus princípios básicos e os seus métodos de aplicação.
d) Adquirir a capacidade de discutir as questões bioéticas ligadas às várias fases da vida humana (do começo até ao fim da vida).

Caracterização geral

Código

711031066

Créditos

6.0

Professor responsável

Filipe Miguel Nobre da Silva Faria

Horas

Semanais - 4

Totais - 168

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

- Documentos Internacionais de Bioética: Código de Nuremberga, Belmont Repport, Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos. 

- BEAUCHAMP, T., CHILDRESS, J., Principles of Biomedical Ethics. Oxford University Press, New York, 1979. 7ª ed. revista: 2013. Trad. portuguesa da 4ª edição: Princípios de Ética Biomédica. Edições Loyola, S. Paulo, 2002 

- CNECV, Pareceres elaborados pelo Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida. Disponíveis em www.cnecv.gov.pt

- FERRER, J. J., ÁLVAREZ, J. C., Para fundamentar la Bioética. Teorías y paradigmas teóricos en la bioética contemporânea. Universidad Pontificia de Comillas y Editorial Desclée de Brouwer, Madrid, 2003

- SGRECCIA, E., Manuale de Bioetica. Vita e Pensiero. Pubblicazioni dell’Università Cattolica del Sacro Cuore, Milano, 4ª Ed. Trad. Portuguesa: Manual de Bioética – Fundamentos e ética biomédica. Principia, Cascais, 2009.

 

Método de ensino

O curso tem uma natureza teórico prática. Haverá aulas de enquadramento, de apresentação e contextualização da Bioética e aulas mais centradas na discussão e análise de problemas bioéticos específicos. Serão objecto de discussão: documentos internacionais no domínio da Bioética, textos teóricos representativos das principais correntes da Bioética e documentos da chamada Bioética pública (notícias, debates e legislações nacionais, etc.). Os alunos terão oportunidade de preparar a discussão dos documentos e dos problemas com anterioridade ao seu tratamento na aula.  

Método de avaliação

Participação oral nas aulas (15%), prova escrita a meio do semestre(30%), prova escrita no fim do semestre(55%)

Conteúdo

Bioética – História, metodologias, problemas

1. A Bioética como disciplina independente
a) Pré-história
b) A investigação em seres humanos no século XX
c) Primeiros códigos e declarações
d) O surgimento da Bioética como nova disciplina

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: