Escrita e Cinema

Objectivos

O seminário pretende desenvolver competências avançadas de compreensão e produção crítica e aprofundar capacidades de leitura, de articulação, de reflexão e de argumentação aplicadas ao estudo das relações entre as artes, reforçando a capacidade de constituição de relações e problemas teóricos a partir do estudo crítico de um conjunto de filmes que permita interrogar teoricamente as diferentes configurações das relações entre escrita e cinema.

Caracterização geral

Código

7220911667

Créditos

10.0

Professor responsável

Clara Maria Abreu Rowland

Horas

Semanais - 3

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

CAVELL, Stanley, Contesting Tears: The Hollywood Melodrama of the Unknown Woman. Uni-versity of Chicago Press, 1996.
CLOAREC, Nicole (ed.), Lettres de cinéma. De la missive au film-lettre. Presses Universitaires de Rennes, 2007.
CONLEY, Tom, Film Hieroglyphs: Ruptures in Classical Cinema. University of Minnesota Press, 1991.
DERRIDA, Jacques, La Carte Postale de Socrate à Freud et au-delà. Flammarion, 1980.
GAUDREAULT, Andrè, From Plato to Lumière - Narration and Monstration in Literature and Cinema. University of Toronto Press, 2009.
ROWLAND, Clara e CONLEY, Tom (eds.), Falso movimento: ensaios sobre escrita e cinema. Edições Cotovia, 2016.
SIEGERT, Bernhard, Relays. Literature as an Epoch of Postal System. Stanford University Press, 1999.

Método de ensino

Discussão e comentário detalhado, na sala de aula, de um filme de cada autor estudado, complementado pela discussão de um conjunto de filmes que os alunos deverão ver em casa.

Método de avaliação

Participação nas aulas e ensaio final individual.(100%)

Conteúdo

"All I want from this post-office is delivery, not philosophy", diz uma personagem de Ophuls no filme The Reckless Moment. Este seminário tomará a presença perturbadora da carta no cinema clássico e moderno como ponto de partida para trabalhar as implicações teóricas e formais da representação temática e material de atos de escrita e de leitura no interior do filme e desenvolver uma interrogação mais ampla, não necessariamente vinculada ao estudo da adaptação, de descrições recíprocas da escrita e do cinema. A partir da análise aprofundada de alguns exemplos, ensaiaremos também uma leitura mais geral do papel da escrita no conjunto da obra de cinco realizadores particularmente interessantes para o estudo destes problemas.