Inovação e Estratégia nas Indústrias Criativas

Objectivos

Sendo já uma evidência que a economia digital revolucionou as indústrias criativas, importa pensar qual deve ser o modelo de inovação e o conceito de negócio a aplicar. Esta UC pretende apresentar o potencial de mercado das indústrias criativas através de duas estratégias: pela apresentação do conceito disruptivo e a relevância de um modelo de negócio inovador; pela apresentação de estratégias possíveis a adotar por atores das indústrias criativas baseados em Portugal, tendo em conta as implicações do paradigma digital e as oportunidades de mercado a partir de Portugal.
O estudante irá refletir sobre os desafios estratégicos de uma entidade cultural, ganhando capacitação na aplicação estratégica de modelos de negócio a oportunidades criativas. Esta abordagem baseada na realidade dará ao estudante um olhar inovador sobre as indústrias criativas, permitindo a construção de modelos de negócio que têm em conta as variantes disruptivas que formatam a economia digital.

Caracterização geral

Código

02100122

Créditos

10.0

Professor responsável

Diogo Queiroz de Andrade

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Christensen, Clayton (2013), The Innovator´s Solution: Creating and Sustaining Successful Growth. Harvard Business Review.
Hartley, John (2015), Remix: Making Art and Commerce Thrive in the Hybrid Economy. SAGE.
HBR (2013), HBRs 10 Must Reads on Innovation. Harvard Business Review Press.
Keeley, Larry (2013), Ten Types of Innovation. Wiley.
Lessig, Lawrence (2008), Remix: Making Art and Commerce Thrive in the Hybrid Economy. Penguin.
Satel, Greg (2017), Mapping Innovation: A Playbook for Navigating a Disruptive Age. McGraw-Hill.
Todorovic, Milane e Bakir, Ali (2016), Rethinking Strategies for Creative Industries. Routledge.
UNESCO (2015), Cultural Times: The First Map of Cultural and Creative Industries. UNESCO.

Método de ensino

Teórico, com apresentação de exemplos e motes para discussão. 

Método de avaliação

apresentação final(50%), participação em aula(30%), trabalho escrito (plano de negócio)(20%)

Conteúdo

O modelo de negócio como proposta de valor. A importância de um modelo de negócio bem-sucedido como fator competitivo e como elemento diferenciador na economia digital.
- A disrupção inovadora e a criatividade como estratégia. As teorias e as práticas que valorizam as indústrias criativas e criam oportunidades de negócio.
- O negócio das indústrias criativas. A marca, o produto, o valor, a propriedade intelectual, a economia relacional e a comunidade de clientes.
- O mercado lusófono e o mercado europeu. Abordagens estruturais a estes dois mercados, dissecando os conceitos de base, a dimensão de cada um, os apoios existentes e alguns casos de sucesso.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: