Temas de Cultura Portuguesa

Objectivos

- Conhecer e compreender a diversidade de abordagens teóricas.
- Explorar as implicações das diferentes abordagens teóricas.
- Desenvolver atitudes e competências favoráveis à reflexão crítica.

Caracterização geral

Código

722091124

Créditos

10.0

Professor responsável

Cecília Maria Gonçalves Barreira

Horas

Semanais - 1

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

CESARINY, Mário, \"Uma Grande Razão\". Lisboa, Assírio & Alvim, 2007
CHEN, Adelaide Ginga, \"A Aventura Surrealista\", Lisboa, Colibri, 2001
HATHERLY, Ana e CASTRO, E. M. de Melo e, \"Po-Ex\", Lisboa, Moraes, 1979
MARTINS, Fernando Cabral (coord.), \"Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português\", Lisboa, Caminho, 2008
NEGREIROS, Almada, \"Ficções Escolhidas\", Lisboa, Assírio & Alvim, 2016
REIS, Carlos e LOURENÇO, António Apolinário (coord.), \"História Crítica da Literatura Portuguesa\", Lisboa, Verbo, 2015

Método de ensino

O conteúdo teórico das aulas será exposto durante a primeira parte. Na segunda parte haverá uma interacção com os estudantes com vista à participação de todos.

Método de avaliação

A avaliação consiste num trabalho escrito a ser apresentado oralmente numa das aulas.(100%)

Conteúdo

1. Almada Negreiros e a literatura visual. A Vanguarda portuguesa. Análise da série “Frisos”, do texto \"K4 O Quadrado Azul\" e do conto “O Homem que não Sabe Escrever”, no quadro da sua produção plástica nos anos 20.

2. A revista \"presença\" e a arte modernista. Os exemplos de Edmundo de Bettencourt, Julio/Saúl Dias e Mário Eloy. A valorização crítica do cinema. Análise do filme \"Aniki Bobó\" (1942), de Manoel de Oliveira.

3. Mário Cesariny: análise de alguns dos seus “poemas maiores”. A importância decisiva da leitura de Fernando Pessoa. As antologias do Surrealismo. A teoria surrealista da imagem. O processo da montagem. Análise da \"Horta de Cordel\". Análise do filme \"Autografia\" (2004).

4. Ana Hatherly: o desenho, a pintura, a performance, a literatura. A tradição do Barroco e a síntese entre caligrafia e desenho. Análise de \"A Reinvenção da Leitura\". Do Experimentalismo dos anos 60 aos seus prolongamentos na arte contemporânea.