Teorias de género, feminismos e estudos sobre as mulheres

Objectivos

Pretende-se com esta UC que alunos e alunas obtenham:
1) conhecimentos aprofundados sobre o já vasto património das teorias de género, feministas e dos estudos sobre as mulheres;
2) desenvolvam aptidões cognitivas e competências conceptuais que lhes permitam enquadrar teoricamente a pesquisa que dará origem à sua tese de doutoramento.

Caracterização geral

Código

03100144

Créditos

8.0

Professor responsável

Manuel Gaspar da Silva Lisboa

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 224

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Amâncio, Lígia (1994), Masculino e Feminino. A construção Social da Diferença, Porto: Afrontamento;
Blackless, M. A. et al. (2000), “How sexually dimorphic are we? Review and synthesis”, American Journal of Human Biology, 12, pp.151-166;
Butler, J. (1999), Gender Trouble: Feminism and the Subversion of Identity, London & New York.
Connell, R. W. (2002). Gender. Cambridge: Polity;
Kimmel, M. (2000), The Gendered Society, Oxford: Oxford University Press;
Lorber, J. e Farrel, S. (eds.) (1991), The Social Construction of Gender, Los Angeles: Sage;
Spade, J.Z.; Valentine, C. G. (2014), The Kaleidoscope of Gender. Prisms, Patterns, and Possibilities, London, Sage, (4th edition);
Torres, Anália Porque precisamos de estudos de género, feminismos e estudos sobre as mulheres? In www.analiatorres.com;

Método de ensino

As aulas distribuem-se por um conjunto equilibrado de aulas teóricas, práticas e teórico-práticas. Pretende-se com isto que os alunos e e alunas possam treinar a prestação escrita, através da análise de textos, mas também o desenvovimento das suas capacidades de expressão e exposição oral.

Método de avaliação

Exposição em aula da análise e confronto de dois textos fornecidos pela docente, e escolhidos em função dos temas que mais interessem aos estudantes(30%), Elaboração de um trabalho escrito a partir desses textos que incorpore o debate e as sugestões surgidas em aula(40%), Exposição oral, e entrega de um guião, de uma primera abordagem temática que possa constituir, uma primeira fase exploratíria do pré projeto de investigação (20%); Participação e envolvimento na leitura dos textos debatidos em aula (10%).(30%)

Conteúdo

1. Sexo e género: evolução e transformação dos conceitos. O que nos mostram os resultados de pesquisa nas diferentes áreas científicas.
2. Dos contributos feministas e dos estudos sobre as mulheres, aos estudos de género. Dos inícios do século XX ao século XXI.
3. Contributos das diferentes correntes teóricas – estruturalismos, interacionismo, pós-estruturalismo e perspetivas integradoras.
4. Género e dimensões da vida: a transversalidade do género nas culturas, nas diferentes instituições e nas relações íntimas e nas emoções.
5. Relações de género, relações de poder, reprodução e sexualidade. Discriminação e violência.
6. Os contributos da perspectiva da interseccionalidade, dos estudos sobre masculinidades, dos estudos LGBT e pós coloniais.
7. Igualdade de género e sociedades contemporâneas. O que persiste e o que mudou. Exemplos a partir da pesquisa empírica.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: