Avaliação de Risco Ambiental

Objectivos

1. Compreensão da natureza e abordagens aos fenómenos de risco ambiental.

2. Aquisição e treino de ferramentas de avaliação dos principais riscos ambientais, num conjunto de domínios inter-relacionados: riscos climáticos, riscos no território, riscos no uso da água, riscos industriais, riscos ecológicos e humanos.

3. Aplicação prática das metodologias de avaliação de riscos ambientais, numa perspectiva de gestão do risco e apoio à decisão.

Caracterização geral

Código

10392

Créditos

6.0

Professor responsável

João Miguel Dias Joanaz de Melo, Marta Susana Silvestre Gouveia Martins

Horas

Semanais - 4

Totais - 56

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Birkmann J (Ed) (2006) Measuring Vulnerability to Natural Hazards. Towards Disaster Resilient Societies. United Nations University Press,Tokyo.


Blaikie P, Cannon T, Davis I, Wisner B (2003); At Risk: Natural Hazards, People’s Vulnerability and Disasters, London: Routledge.

Julião R.P, Nery F, Ribeiro JL,Branco MC Zêzere JL (2009) Guia metodológico para a produção de cartografia municipal de risco e para a criação de sistemas de informação geográfica de base municipal. ANPC,DGOTDU, IGP.

Schmidt-Tomé P (2005) The Spatial Effects and Management of Natural and Technological Hazards in Europe, ESPON 1.3.1, European Community.

Smith K (2004) 4rd Ed., Environmental Hazards, Routledge: New York.

Jorgensen SE, Constanza R, Xu FL Eds (2004) Handbook of Ecological Indicators for Assessment of Ecosystem Health. CRC PressBruins (Eds) (2004) Economics and Ecological Risk Assessment: Applications to Watershed Management (Environmental and Ecological Risk Assessment). CRC Press

Método de ensino

É usada uma combinação de diversos métodos de ensino: exposição de matéria em forma de diálogo (método socrático); realização de exercícios sobre técnicas específicas, dentro e fora da aula; seminários com convidados; apresentação dos trabalhos com discussão; e realização de trabalhos práticos que integram a matéria.

A língua de trabalho é o português ou o inglês, dependendo da origem dos estudantes.

Método de avaliação

A avaliação é feita com base em trabalhos, escritos e/ou apresentados e discutidos em aula. Peso dos trabalhos na nota por módulo: 1 (risco climático) 15%, 2 (riscos no território) 15%, 3 (riscos associadoa à água) 15%, 4 (riscos industriais) 25%, 5 (riscos de contaminação) 30%. Atrasos na entrega dos trabalhos implicam penalização na classificação.

Conteúdo

Introdução: Conceitos de perigo e risco; natureza probabilística do risco; percepção do risco.

1. Risco climático: variabilidade climática, fenómenos extremos e seus impactes nas actividades económicas e na saúde humana.

2. Riscos no território: causas e consequências; incidência em Portugal; integração da análise de risco nos instrumentos de gestão territorial.

3. Riscos associados ao uso da água, em particular aos aproveitamentos hidráulicos, episódios de poluição e distribuição de água; planos de segurança da água.

4. Risco  industrial: identificação de perigos; construção de cenários de acidente; modelos estatísticos e probabilísticos de quantificação do risco; modelação de acidentes com substâncias perigosas; prevenção de acidentes industriais; responsabilidade ambiental.

5. Metodologia de avaliação de risco ecológico e para a saúde humana: definição do problema, cenarização, modelação de efeitos, comunicação; riscos associados à contaminação ambiental. Estudos de caso.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: