Ecotoxicologia e Saúde Ambiental

Objectivos

No final desta UC o estudante terá adquirido conhecimentos, aptidões e competências que lhe permita:

- Aplicar os conceitos de ecotoxicologia relacionando a exposição ambiental (incluindo rotas de distribuição e os fatores ambientas e/ou antropogénicos, como por exemplo alterações climáticas e operações de dragagem que podem intensificar a poluição ambiental), com efeitos nos organismos vivos (incluindo os humanos) e abordando a importância da exposição a misturas de contaminantes (forma frequente de exposição).

- Ser capaz de utilizar metodologias standard e tecnologias atuais usadas na avaliação de toxicidade de poluentes naturais e antropogénicos.

- Intervir em estudos epidemiológicos e de de avaliação de risco ecológico e para a saúde humana e no desenvolvimento de ações de vigilância sanitária de águas e resíduos e qualidade do ar.

- Conhecer a legislação vigente na área da regulação de produtos químicos e do controlo da qualidade dos ecossistemas.

Caracterização geral

Código

10371

Créditos

6.0

Professor responsável

Marta Susana Silvestre Gouveia Martins

Horas

Semanais - 6

Totais - 80

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

  1. Amiard-Triquet, C., Amiard, J.-C., Mouneyrac, C. (2015). Aquatic Ecotoxicology: Advancing Tools for Dealing with Emerging Risks. Elsevier, Amsterdam. 504 p.
  2. Connon R. E., Geist, J., Werner I. (2012). Effect-Based Tools for Monitoring and Predicting the Ecotoxicological Effects of Chemicals in the Aquatic Environment – Review. Sensors, 12, 12741-12771.
  3. Newman, M.C. (2010). Fundamentals of Ecotoxicology. 3rd ed. CRCPress., NY. 571 p.
  4. Principles and Methods of Toxicology, A Wallace Hayes eds, Fourth edition, Taylor & Francis, 2001.
  5. Gonçalves Ferreira, F. 1990. “Moderna Saúde Pública”, 6ª ed. Fund. Calouste Gulbenkian
  6. Artigos científicos e documentos gerais fornecidos ao longo do curso.

Método de ensino

A metodologia englobará aulas téoricas e práticas, em regime presencial e tutorial. As aulas teóricas incluem a exposição de conteúdos teóricos e apresentação e discussão interativa de casos-estudo. A componente prática inclui aulas de laboratório e de campo que permitam a aplicação prática dos conhecimentos teóricos adquiridos. O tutorial inclui a discussão com os estudantes do progresso dos trabalhos.

A metodologia inclui também: 1) Exposição teórica com utilização de slides; 2) Vídeos expositivos com demonstrações práticas;  3) “Retrival practice” serão utilizadas na forma de “Kahoots” (kahoot.it) nas sessões das aulas teórico-práticas; 4) esclarecimento de dúvidas com o docente sobre os conteúdos da UC.

A estrutura dos trabalhos e os elementos de estudo, são disponibilizados em página própria do Moodle.

Método de avaliação

A avaliação é contínua e compreende duas componentes, teórica e prática com igual ponderação para a classificação final da UC. 

A avaliação da componente teórica é efetuada através de dois testes com igual ponderação e cuja média aritmética seja maior ou igual a 9,5 valores.

A avaliação da componente prática é efetuada através da realização de dois relatórios, um relatório com apresentação oral e uma monografia elaborados em grupo (máx. 3 alunos/grupo), com igual ponderação e cuja média aritmética seja igual ou superior a 9,5 valores.

A frequência é dada pela presença obrigatória em pelo menos 2/3 das aulas nas aulas prática.

Conteúdo

1. Introdução: da contaminação à poluição

1.1. Distribuição e transporte de contaminantes no ambiente; 

1.2. Fatores bióticos e abióticos envolvidos nos processos de transformação química e biodisponibilidade dos contaminantes; 

2. Ecotoxicologia 

2.1. Toxicocinética e toxicodinâmica; 

2.2. Conceitos de bioacessibilidade, bioacumulação e bioamplificação; 

2.3. Bioensaios padronizados, in vivo, in vitro, in silico, in situ;

2.4. Biomarcadores (incluindo tecnologias ómicas), bioindicadores, índices bióticos, respostas a nível populacional, comunidade e ecossistema.  

2.5. Efeitos e Respostas na saúde humana.

  1. 3.   Perspetiva ecológica, sanitária e de saúde humana

3.1. Introdução às Diretivas de qualidade da água e ao REACH; 

3.2. Epidemiologia: conceitos; indicadores de saúde; Avaliação Dose-resposta baseada em estudos epidemiológicos; 

3.3. Avaliação de risco ecológico e para a saúde humana; desenvolvimento de ações para a qualidade de águas de abastecimento, águas residuais e resíduos sólidos. 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: