Atividade Prática de Desenvolvimento Curricular

Objectivos

Saber

Interpretar os requisitos e contexto duma situação problemática de alguma dimensão em Ciência e Engenharia Informática. Desenvolver, de forma assistida mas autonomizante, soluções, técnicas e métodos a utilizar. 

Saber Fazer

Implementar um ou mais componentes necessários para a solução, usando instrumentos e ferramentas de desenvolvimento industriais. Validar, depurar e avaliar soluções obtidas.

Competências Transversais

Reforçar visão sistema, autonomia, capacidade crítica e trabalho em equipa.

Caracterização geral

Código

11156

Créditos

15.0

Professor responsável

Carlos Augusto Isaac Piló Viegas Damásio, João Ricardo Viegas da Costa Seco

Horas

Semanais - 4

Totais - 4

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A UC divide-se em três vertentes, cada uma com requisitos próprios. 

Em todas as vertentes, os alunos devem ter completos 84 créditos ECTS em Informática no primeiro ciclo.

A vertente de iniciação à investigação tem uma nota mínima obrigatória de 14.5 valores na média dos candidatos.

A vertente de estágio tem um número limite de 60 estudantes por semestre.

A colocação dos estudantes é feita por opção dos estudantes considerando de forma sequencial os critérios de maior número de créditos e depois a média do estudante à data da atribuição.

A colocação de estudantes em estágios concretos é feita por opção dos estudantes considerando de forma sequencial a média do estudante à data da atribuição (maior média escolhe primeiro) e depois o maior número de créditos (mais créditos escolhe primeiro). 

Bibliografia

Depende de cada atividade / projeto. São recomendados aos estudantes várias referências sobre a área concreta do projeto / atividade;

Método de ensino

Esta unidade curricular visa o desenvolvimento de uma atividade coerente, realizada no Departamento ou no exterior, e envolve a integração de competências e conhecimentos endereçadas de forma independente nas várias UCs do curso, nomeadamente programação, modelação e desenho de software, bases de dados, algoritmos e estruturas de dados, linguagens de programação, sistemas e redes de computadores, interfaces pessoa-máquina, e outras, dependendo de cada projeto / atividade. O ensino segue os seguintes métodos: apoio tutorial, aulas tutoriais, sessões de uniformização (por vezes envolvendo convidados exteriores), e monitorização  intermédia. No fim da unidade os estudantes devem apresentar publicamente e através de relatório os resultados do seu trabalho. É importante garantir que os parâmetros e métodos de avaliação permitem avaliar de forma correta em que medida o estudante atingiu os objetivos de aprendizagem, independentemente do contexto em que o trabalho seja realizado.

Método de avaliação

Os alunos das três vertentes da UC são avaliados através de apresentação de relatórios e provas públicas com apresentações mediante um júri.

Conteúdo

O programa de uma unidade curricular com estas características não segue os termos habituais, sendo no entanto de salientar os tópicos seguintes: Familiarização com os conceitos, as tecnologias e as metodologias necessárias ao longo do atividade. Integração prática de conhecimentos de base adquiridos em várias unidades curriculares de carácter mais fundamental deste 1º ciclo, nas várias áreas científicas do curso. Familiarização com o contexto humano, social e técnico em que o trabalho se desenvolve. Técnicas de gestão de projeto e de trabalho em equipa. Aspetos fundamentais de práticas de qualidade. Aspetos de segurança informática. Aspetos fundamentais de usabilidade de sistemas informáticos. Técnicas de comunicação (documentação, apresentação, posters).

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: