Biologia Celular B

Objectivos

O objectivo fundamental desta UC é a aquisição de conhecimentos no que diz respeito à estrutura da célula eucariota, e à função dos principais organelos, bem como à forma de comunicação célula-meio extracelular e célula-célula.

Espera-se que no final deste curso os alunos tenham atingido as seguintes competências gerais: i) entender a organização funcional da célula eucariota; ii) caracterizar do p.v. estrutural e funcional os principais organelos celulares; iii) expor os mecanismos envolvidos na comunicação célula-meio extracelular; iv) identificar mecanismos celulares envolvidos na comunicação célula-célula.

Por último, pretende-se o aluno adquira competências de pesquisa de literatura recente sobre temas leccionados e consiga fazer uma exposição e discussão crítica de temas leccionados nas aulas teóricas.

Caracterização geral

Código

10520

Créditos

3.0

Professor responsável

Margarida Casal Ribeiro Castro Caldas Braga

Horas

Semanais - 1

Totais - 27

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Sem requisitos

Bibliografia

 

Molecular Cell Biology

Lodish H, Berk A, Kaiser CA, Krieger M, Bretscher A, Ploegh H, Amon A, Scott MP

7th Ed. WH Freeman & Company, NY, 2012

 

. Molecular Biology of the Cell

Alberts B, Johnson A, Lewis J, Raff M, Roberts K, Walter P

5th Ed. Garland Science, NY, 2007

 

. The World of the Cell

Hardin J, Bertoni GP, Kleinsmith LJ, ,

8th Ed. Benjamin Cummings Publ. Co., 2010

 

. The Cell. A molecular Approach

Cooper GM, Hausman RE

5th Ed. Sinauer Associates Inc., 2009

 

. Artigos científicos seleccionados

Disponibilizados pela docente na página MOODLE da disciplina

 

Método de ensino

Aulas teóricas expositivas, realizadas de forma síncrona na plataforma Zoom.

Aulas TP para realização de exercícios e problemas e realização de um trabalhos de grupo, realizadas de forma síncrona e assíncrona na plataforma Zoom.

Método de avaliação

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO

 A) Seguir as Normas de Conduta de BCb 2020-2021

 1. A disciplina vai funcionar a distância via plataforma Zoom.

2. As aulas teóricas serão todas síncronas

3. As aulas teorico-práticas serão síncronas, com excepção da aula de 27/11 que será assíncrona.

4. Durante as aulas a docente e todos os alunos deverão ter as câmaras ligadas. Se a câmara do computador não estiver a funcionar terão de arranjar forma de ultrapassar esse problema, utilizando outro dispositivo por exemplo.

5. Os alunos devem-se identificar pelo 1º nome e apelido.

6. As aulas síncronas não serão gravadas pela docente, nem disponibilizadas aos alunos.

7. Apenas será gravado o “chat” e disponibilizado aos alunos, caso tenha informação que possa ser relevante.

8. Relembrar que o anfitrião tem acesso a todas as conversas via “chat”, mesmo as conversas privadas.

9. A gravação das aulas, sem acordo da docente, está proibida e caso aconteça serão aplicadas as disposições legais apropriadas.

10. Alunos que insistam em manter as câmaras desligadas ou com comportamentos considerados impróprios (orais ou escritos) serão expulsos da sala de aula e impedidos de entrar de novo e de fazer/entregar os trabalhos propostos nessa aula.

11. Os códigos de acesso às aulas serão disponibilizados no moodle no local destinado a cada aula.

12. Os alunos só poderão trocar de turno TP em casos excepcionais e devidamente justificados. A troca carece de autorização prévia.

13. A comunicação com os alunos e disonibilização dos materiais das aulas será feita via moodle.

14. As regras de avaliação e frequência da disciplina estão registadas no CLIP.

15. Estas normas poderão vir a sofrer actualizações.

 

A) Frequência na disciplina:

1. Para a obtenção da frequência à disciplina os alunos têm que entregar no moodle 5 das 6 fichas de questões feitas nas aulas TP.

Em cada aula TP serão disponibilizadas fichas de exercícios sobre a matéria da aula T anterior (por chat no Zoom ou no moodle).

Os alunos serão divididos em salas zoom com os colegas de forma aleatória. Durante o tempo de funcionamento dessas salas devem responder às questões fornecidas. No final da aula cada aluno tem de fazer upload da ficha a que respondeu, ie, 11h para TP1 e 16h para TP2.

Há um local próprio para upload da ficha no moodle, todas as semanas.

2. Para controlo de assíduidade, a presença nas aulas TP é registada pela docente.  

3. Atrasos superiores a 30 min impedem o aluno de ser admitido na aula TP e de fazer/entregar a ficha correspondente a esse dia. Faltas injustificadas têm o mesmo efeito.

4. Atestados e outras justificações válidas para as faltas só serão aceites se entregues na aula da semana imediatamente após o dia da falta.

5. Os trabalhadores estudantes, e outros casos de excepção, que não frequentem as aulas teórico-práticas devem realizar uma avaliação (a combinar com a docente) para a obtenção da frequência à disciplina.

 luno sem frequência à disciplina não pode fazer o teste, nem apresentar-se a exame de recurso, nem terá nota válida nas componentes de avaliação teórica/teórico-prática, contínua e sumativa.

 B) Avaliação na disciplina

 B.1) Regras de Avaliação

A classificação final da disciplina (escala de 0 a 20 valores) resulta da soma das notas das 2 componentes da avaliação:

 i) Avaliação da componente teórica/teórico-prática (80% = 16 valores). Um teste escrito, para avaliação individual de conhecimentos de conteúdos de aulas teóricas e teorico-práticas. A data do teste é divulgada no inicio das aulas – 11/01/2021 - e marcada no CLIP, e não há data(s) alternativa(s), nem repetição do teste.

Em alternativa, os alunos podem ter aprovação na disciplina através da realização de um exame final (Época de Recurso) – marcado no CLIP.

O Exame de Recurso será realizado  online via plataforma moodle em simultâneo com sessão zoom em que os alunos têm as cameras ligadas, em data a ser marcada no CLIP (30.1.2021). 

A melhoria de nota da componente de avaliação teórico/prática (testes; max 16 val) poderá ser realizada por exame de recurso.

A aprovação exige a obtenção, no mínimo, de 8,0 valores em 16 valores (50%) na nota do teste, ou na nota do exame de recurso.

 

ii) Avaliação contínua (teorico-prática) (20% = 4 valores). Um trabalho de grupo – grupos de 3 alunos do mesmo turno TP - sobre um organelo/estrutura celular de uma célula eucariota, respeitando as regras fornecidas.

 B.2) Condições para obter Aprovação

 

Ter frequência e ter classificação igual ou superior a 8,0/16 val na avaliação da componente teórica/teórico-prática; ter nota final resultante da soma das 2 componentes de avaliação igual ou superior a 9,5 valores.

 

Prazos

 O trabalho deve ser entregue por upload no moodle até ao dia 20/12/2020 (23h59), e deve ser identificado por: "Trabalho_Nome do organelo_TPx_Gx". Basta um aluno do grupo submeter o trabalho.

Os trabalhos serão submetidos a uma plataforma de controlo de plágio – Turnitin – e não serão aceites trabalhos com homologia > 30% (revisto caso a caso). Os alunos recebem o relatório do Turnitin e podem re-submeter o trabalho até à data limite. No entanto, após 3 submissões o relatório demora algumas horas a ser disponibilizado.

 

Trabalhos entregues fora deste prazo serão penalizados em 40% da nota, se entregues nos 2 dias seguintes ao prazo estipulado. Não serão aceites passado este prazo.

 

Não há datas/momentos alternativos para submissão. Situações de excepção relacionadas com a submissão de trabalhos no moodle serão resolvidas na altura, dependendo das circunstâncias e/ou avaliadas caso a caso.

 Não há nota mínima nem obrigatoriedade de fazer este trabalho.

Exame de Recurso

Avaliação indivídual de conhecimentos de conteúdos de aulas teóricas e teorico-práticas. Exame escrito com duração máxima de 2h. Destina-se aos alunos reprovados (nota final inferior a 9,5 valores), mas com frequência à disciplina.

 

Alunos com Frequência anterior com nota da componente de avaliação contínua e sumativa

Os alunos com frequência em anos anteriores e com nota da componente de avaliação contínua e sumativa estão dispensados das aulas teorico-práticas e mantêm a nota anterior dessas componentes (ponderada de acordo com a avaliação do ano de frequência), mas terão obrigatoriamente de ser avaliados na componente de avaliação teórica/teórico-prática.

 

Melhoria de nota

Aplica-se o estipulado no Regulamento da FCT/UNL em vigor.

Conteúdo

1. Células procarióticas e células eucarióticas. A célula como unidade fundamental dos tecidos e como unidade de fronteira dos vários organelos. 

2. Membrana celular :Estrutura da membrana celular: o modelo do mosaico fluído. Transporte transmembranar. 

3. Sistema endomembranoso: retículo endoplasmático liso e rugoso e aparelho de Golgi; estrutura e função. Vias de controlo de Qualidade.

4. Lisossoma: Características estruturais e funcionais. Processos de nutrição e defesa, autofagia, autólise e digestão extracelular. Peroxissoma: Estrutura e função.

5. Mitocôndria: Constituição estrutural e funcional. Morte celular por apoptose. 

6. Comunicação celular. Vias de sinalização intracelular. ligandos, receptores celulares e vias de transdução de sinal

7. Citosqueleto: microtúbulos, microfilamentos e filamentos intermédios. organização, estrutura e função. Transporte intracelular dependente de proteínas motoras. 

Nas aulas TP serão resolvidos exercícios e problemas, com aplicação da matéria dada na aula T anterior.

Ao longo do funcionamento da disciplina, e sempre que possível nas aulas TP, os alunos, em grupo, terão de realizar um trabalho escrito, com recurso a dados da literatura e os seus conhecimentos sobre o tema. 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: