Gestão da Produção

Objectivos

No final desta unidade curricular o estudante terá adquirido conhecimentos, aptidões e competências que lhe permitam:

  • Identificar um conjunto abrangente de modelos de planeamento e de gestão
  • Identificar e caraterizar ambientes produtivos
  • Conceber planos agregados
  • Conceber planos diretores de produção
  • Identificar modelos clássicos da gestão de stocks
  • Definir planos de necessidades de materiais e de recursos
  • Aplicar métodos de gestão e controlo ao nível operacional e
  • Identificar e adotar os modelos de apoio à gestão e de controlo mais adequados.

Caracterização geral

Código

2641

Créditos

6.0

Professor responsável

Ana Paula Ferreira Barroso, António Carlos Bárbara Grilo

Horas

Semanais - 4

Totais - 56

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Krajewski L. J., Malhotra M. K., Ritzman L. P. (2019) Operations Management. Processes and Supply Chains, Pearson Education Limited, 12th ed., Global edition, Harlow, England. 

Slack N., Brandon-Jones A., Johnston R. (2016) Operations Management, Pearson Education Limited, 8th ed., Harlow, England. 

Heizer J., Render B. (2011) Operations Management, Pearson/Prentice Hall, 10th ed., New Jersey.  

Stevenson W.J. (2006) Production/Operations Management, Irwin/ McGraw-Hill, 9th ed., Boston.

Método de ensino

Os conceitos são apresentados nas aulas teóricas, adotando fundamentalmente o método expositivo. Frequentemente são colocadas questões, para estimular a participação dos estudantes e avaliar e controlar a aquisição de conhecimentos.

Nas aulas práticas são resolvidos exercícios de aplicação e casos de estudo, adotando o método experimental. São usados métodos ativos. São resolvidos exercícios, casos problemáticos da realidade e casos de estudo, autonomamente ou em grupo. 

Método de avaliação

A avaliação é contínua e a distância, na plataforma Moodle, sendo a classificação final na UC obtida pela média ponderada de 5 mini testes, cada um com uma ponderação entre 15 e 25% na nota final.

/***  Propostas de datas, ainda sujeitas a alteração  ***/

mT1: 30 março

mT2: 13 abril

mT3: 04 maio

mT4: 18 maio

mT5: 15 junho

Cada mini testeserá realizado na aula teórica e terá a duração de 30 a 40 minutos e a nota é arredondada às centésimas.

         Nota final = 0,15 mT1 + 0,20 mT2 + 0,20 mT3 + 0,20 mT4 + 0,25 mT5 

Para aprovação na UC, o estudante carece de Frequência e Nota final de pelo menos 10 valores.

O estudante tem de fazer a Defesa de Nota se a Nota final for superior a 17 valores. A Defesa de Nota é realizada através de uma Prova Oral a distância com pelo menos dois docentes. Será agendada com o estudante entre 3 e 7 dias após a divulgação da Nota final.

Para os estudantes que não tenham Aprovação na avaliação contínua têm a oportunidade de fazer o Exame de Recurso.  O Exame de Recurso é presencial e só pode ser usada máquina de calcular científica.

A Frequência é obtida pela presença em 8 das 13 aulas práticas. É considerada a presença numa aula prática se estiver ligado pelo menos 80 minutos da aula. Um estudante que não responda a alguma questão colocada pelo docente durante a aula é removido da sessão.

Estudantes com o estatuto de trabalhador-estudante que não possam frequentar as aulas práticas devem contactar a regente até ao dia 26 de março (apb@fct.unl.pt) para ser definido um plano alternativo para obtenção de Frequência.

Conteúdo

1.  Introdução à Gestão da Produção e Operações
              1.1  Gestão da produção e operações
              1.2  Competitividade versus produtividade
              1.3  Medidas de produtividade

2.  Gestão Estratégica da Produção
              2.1  Algumas tipologias de produção
              2.2  Balanceamento de linhas de montagem 
              2.3  Eficiências teórica e do balanceamento

3.  Planeamento da Produção a Médio Prazo
              3.1  Planeamento da capacidade
              3.2  Planeamento agregado da produção
              3.3  Plano diretor de produção

4.  Gestão de Stocks
              4.1  Análise ABC
              4.2  Sistemas de gestão de stocks
              4.3  Custos
              4.4  Modelos para artigos com procura constante e independente
                     a) Modelo de revisão contínua com taxa de aprovisionamento infinita
                     b) Modelo de revisão contínua com taxa de aprovisionamento finita
                     c) Modelo de revisão periódica
                     d) Grupagem
             4.5  Stock de segurança

5.  Modelos de Previsão
                5.1  Importância no planeamento
                5.2  Tipo de modelos
                5.3  Séries cronológicas e respetivas componentes
                5.4  Erros de previsão absolutos e relativos
                5.5  Modelos de alisamento

6.  Planeamento de Necessidades de Materiais
              6.1  Técnicas de encomenda para artigos com procura variável

7.  Planeamento dos Recursos de Produção

8.  Planeamento da Produção a Curto Prazo
              8.1  Método Húngaro (afetação)
              8.2  Regra de Johnson para sequenciamento de tarefas em 2 recursos em série
              8.3  Regra de Johnson para sequenciamento de tarefas em 3 recursos em série
              8.4  Regras heurísticas

9.  Gestão da Cadeia de Abastecimento
              9.1  Importância estratégica
              9.2  Conceção da cadeia de abastecimento